ABES Alagoas apresenta vencedores da 14ª edição do Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental Seção Alagoas (ABES-AL) realizou no último sábado, 9 de junho, no Espaço Pierre Chalita, em Maceió/AL, a cerimônia de premiação da edição 2018 do “Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental”, que é promovido em parceria com o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas e Braskem.

A honraria premia os melhores trabalhos jornalísticos com temas voltados para o meio ambiente e que despertem para a importância da preservação ambiental como condição para uma melhor qualidade de vida. Participaram da edição jornalistas residentes em Alagoas, cujos trabalhos foram publicados ou veiculados em mídia do estado, no período de 8 de maio de 2017 a 14 de maio de 2018, inscritos nas categorias: Reportagem Especial; Reportagem de TV, Jornalismo impresso/Texto, Fotojornalismo, Webjornalismo, Radiojornalismo, Reportagem Cinematográfica.

O prêmio contemplou, nesta edição, a categoria Estudante com o 1°, 2° e 3° lugares (até o ano passado, existia um único prêmio para os estudantes). Participaram alunos matriculados nos cursos de Jornalismo da Universidade Federal de Alagoas – UFAL, do Centro Universitário – CESMAC e da Universidade Tiradentes – UNIT.

O prêmio

O Prêmio Octávio Brandão de Jornalismo Ambiental foi lançado pela ABES-AL, em 2003, e teve a sua primeira cerimônia de entrega na Semana do Meio Ambiente de 2004. “Ao longo destes anos consolidou-se com um importante evento para a área ambiental do Estado de Alagoas, atingindo com sucesso seus dois objetivos principais: o aumento da presença de assuntos ambientais, em frequência e espaço, na mídia alagoana e a melhoria de seus conteúdos, pelo aprofundamento e especialização dos jornalistas responsáveis por eles”, ressalta Ana Catarina Pires de Azevedo Lopes, presidente da seção.

Segundo ela, a Comissão julgadora é constituída por profissionais reconhecidos em suas especialidades, além da importante contribuição da academia, por meio de professores e profissionais da área ambiental, justamente para avaliar adequadamente os conteúdos. “Metade dos jurados são locais, enquanto os demais são identificados entre especialistas de outros estados, para permitir uma visão mais ampla sobre os trabalhos a serem avaliados”, frisa Ana Catarina.

Missão Honrosa

Todos os anos, a ABES e seus parceiros, Sindjornal e Braskem, concedem a Medalha Octávio Brandão a uma pessoa ou entidade que se destaca na área ambiental em Alagoas. Esta homenagem acontece durante a entrega do prêmio. Este ano, a agraciada com a medalha foi a promotora de hustiça Lavínia Silveira de Mendonça Fragoso, que tem grande atuação na manutenção e recuperação do meio ambiente alagoano. Destacada por seu trabalho na área ambiental, Dra. Lavínia é sempre convidada do evento e se faz presente às solenidades de premiação. Desta vez, foi surpreendida pela concessão da medalha que formalizou admiração dos organizadores por sua dedicação e competência.

(Da esq. para a dir.) Izaias Barbosa, presidente do Sindjornal; Dra. Lavinia, Dra. Ana Catarina, presidente da ABES-AL; e Milton Pradine, da Braskem.

Confira a lista dos vencedores desta edição

Reportagem Especial

1º lugar:  Os Recados da natureza! – TV Pajuçara – Ester Carvalho/Thiago Correia/José Pereira/Gesia Nalheiros

2º lugar: Uma pescaria diferente  – TV Pajuçara – Lucas Malafaia/Gésia Malheiros/Netto Mota/Wellito Soares

3º lugar: Salvando as preguiças – TV Pajuçara – Ester Carvalho/Thiago Correia/Maria Marciel/Jose Agatângelo

Reportagem de TV

1º lugar:  Hipertensos Seca – Tv Gazeta de Alagoas – José Amorin Neto/Alfo Correia

2º lugar: Uma cidade quase devastada pela água – TV Gazeta de Alagoas – Abdias Martins/Chiara Lima/Luciana Chaves/Aldo Correia

3º lugar: Banco de sementes – TV Gazeta de Alagoas – José Amorin Neto/Yasmin Pontual/Aldo Correia

Fotojornalismo

1º lugar: Lixo acumulado em praia no Jaraguá prejudica trabalho de pescadores em Maceió – Rafael Maynart – Gazetaweb

2º lugar: Ganhando a liberdade: pássaros são devolvidos à natureza após serem resgatados no interior de Alagoas – Jonathan Lins – G1 Alagoas

3º  lugar: Lixões urbanos são parada obrigatória para o descarte irregular – Ana Paula Omena – Tribuna Independente

Jornalismo Impresso

1º lugar: Paraíso condenado – Gazetaweb – Rafael Maynart

2º lugar: Pescados somem da lagoa e geram prejuízo milionário para Alagoas – G1 Alagoas – Jonathan Lins

3º lugar: Crescimento desordenado que transforma vida em esgoto e lixo – Jornal Tribuna Independente – Ana Paula Omena

Webjornalismo

1º lugar: Os nômades das Dunas – Gazetaweb – Larissa Bastos/José Alves Feitosa

2º Um mestre sem diploma – Gazetaweb – Jamylle Bezerra/Madysson Wesley

3º Dinheiro verde: sustentabilidade gera emprego e renda em Alagoas – Cadaminuto – Teresa Cristina/ Lucas Vitor De Alcântara

Radiojornalismo

1º lugar: Pendências na prestação de contas impedem escolas de receber recursos do programa Escolas Sustentáveis – Rádio Pajuçara – Vera Valério/Maria Maciel

2º lugar: Preservar a história também é proteger o meio ambiente – Rádio Gazeta AM – Itamara de Almeida/Alexandre Lino

3º lugar: A esperança é verde – Rádio Gazeta AM – Géssica Aline Lima da Costa / Flávia Pamela de Lima

Reportagem Cinematográfica

1º lugar: Ecologia para mudar o mundo – TV Gazeta de Alagoas – Josualdo Moura

2º lugar: Os recados da natureza – TV Pajuçara – José Pereira

3º lugar: Bem vindo de volta – TV Gazeta de Alagoas – Josualdo Moura

Estudante

1º lugar: Tatuamunha: pescadores se unem em defesa do Rio – Comunit (Unit) – Greyce Kelly, Maurício Manoel Ferreira

2º lugar: Chuvas de maio – Agência Tatu/Ufal – Lucas Taynan/Graziela França

3º lugar: Quem é o invasor? – Agência Ciências Alagoas/Ufal – Graziela França\Andreza Teixeira\Julia Rocha\Leticia Novaes\Rian Paulo

Menção Honrosa: “A Gente somos gente também!”: fim dos lixões esconde drama para catadores do interior do estado

Destaque para a decoração do espaço onde ocorreu a cerimônia. O tema foi Reciclagem. Havia as estações com instalações com madeira, vidro, papel e plástico reciclado. Tudo trabalhado por artistas plásticos locais.
Arranho de mesa: conceito foi emoldurar a planta, enfatizando a razão de promover a sustentabilidade: viver harmonicamente com a natureza, permeando e prolongando a vida.

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: