Últimas Notícias

ABES-MS: presidente nacional ministra palestra no I Seminário Estadual de Saneamento e Saúde, no Mato Grosso do Sul

Da esq. para a dir. Sergio Roberto Castilho Vieira, superintendente estadual da Funasa, no MS; Aroldo Ferreira Galvão presidente da ABES-MS e Dante Ragazzi Pauli, presidente nacional da ABES

Por Sueli Melo

O presidente nacional da ABES, Dante Ragazzi Pauli, ministrou, nesta quarta-feira, 1º, Palestra Magna de abertura do I Seminário Estadual de Saneamento, no Mato Grosso do Sul. Com o tema “Saneamento e Saúde: desafios regionais diante dos agravos ambientais causados pela ausência ou insuficiência de saneamento”, o evento foi promovido pela ABES Seção Mato Grosso do Sul (ABES-MS), em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) e com a Secretaria Estadual de Saúde do Estado (SES-MS), na sede do CREA-MS, nos dias 1º e 2 de maio.

A cerimônia de abertura contou com as presenças de três Secretários do Estado do Mato Grosso do Sul: Jaime Verruk, secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente; Edinei Marcelo Miglioli; secretário de Infraestrutura, e Nelson Tavares, secretário de Saúde.

A apresentação de Dante, que abordou a relação entre saneamento precário e  transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya, foi o fio condutor de todos os painéis e mesas-redondas realizados no encontro. “O saneamento no Brasil é lamentável e favorece a proliferação desses mosquitos”, disse o presidente da ABES. Ele ressaltou a importância do evento e parabenizou a ABES-MS pelo “excelente trabalho desenvolvido”.

O presidente da ABES Seção Mato Grosso do Sul, Aroldo Ferreira Galvão, explicou que todo o programa do evento foi desenvolvido a partir do tema da palestra de Dante, principalmente porque a dengue foi a grande epidemia vivida no estado no ano passado e começo deste ano. “Foram 40 mil casos da doença no último verão”, afirmou. “Foi uma situação de calamidade, de emergência sanitária e de saúde pública, em função do quadro de dengue”, enfatizou Aroldo.

Dificuldades, desafios e oportunidades no cenário dos resíduos sólidos; e universalização dos serviços de água (gestão e estratégias) também marcaram as discussões do evento, tendo como linha a Palestra Magna

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: