Últimas Notícias

ABES presente em Natal/RN no VIII Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce

O tema central do evento foi o papel dos estados, municípios e comunidades na gestão compartilhada dos sistemas de dessalinização.

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES marcou presença no VIII Encontro Nacional de Formação do Programa Água Doce – PAD, realizado de 27 a 29 de novembro, Praiamar Natal Hotel & Convention, em Natal/RN. O Presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza, foi representado pela secretária da ABES-RN, Maria Wagna de Araújo Dantas, e Jeny Morais, membro da seção.  

“Abordando o tema Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas, o evento trouxe à tona a importância da gestão compartilhada entre o Governo Federal, que entra com os recursos para investimentos, o estado com a gestão do programa, os municípios contribuindo com o pagamento da energia consumida pelos dessalinizadores e o pagamento dos operadores e o mais importante, a gestão das águas, que fica a cargo da comunidade”, explica Wagna Dantas. 

Contando com a participação de 10 estados brasileiros (nove do Nordeste e Minas Gerais), o evento levou para Natal 1000 participantes, entre gestores, profissionais da área de recursos hídricos e saneamento ambiental e moradores das comunidades beneficiárias do Programa Água Doce. 

Segundo Wagna, dois temas foram abordados em quase todas as falas dos palestrantes e das autoridades presentes: a dessalinização e o reúso de água, como alternativas para o semiárido brasileiro.

Ela relata que a mesa das autoridades, contou com a participação do vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto, que falou sobre a importância do Programa para o Estado, do Secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, do Coordenador Nacional do Programa, Renato Saraiva, além de prefeitos e representantes de todos os estados do Nordeste e Minas Gerais.

“Uma das palestras bastante importante foi a do vice-presidente da Associação Internacional de Dessalinização (IDA)diretor da Associação Latino Americana de Dessalinização e Reuso da Água (ALADyR), Alejandro Sturniolo, que tratou sobre a dessalinização de água do mar para resolver o problema da falta de água nas capitais e o uso dos dessalinizadores para a zona rural, e chamou a atenção para o problema do reúso no Brasil ainda ser a legislação, que não consegue avançar”, lembra Wagna. 

De acordo com ela, o evento contou também com a presença da representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para apresentar a primeira turma de alunos da Paraíba do curso técnico de operadores de dessalinizador, valorizando o saber das comunidades que já trabalham com esses equipamentos e melhorando o fazer.

“Por último, ocorreu uma roda de conversa com gestores municipais dos estados nordestinos, mostrando a importância do Programa Água Doce para as populações da zona rural, incluindo também as escolas e postos de saúde como beneficiários do Programa”, conta Wagna.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: