Últimas Notícias

Maria Angela Sargaço, coordenadora adjunta do CNQA, fala sobre os preparativos para o PNQS 2020

Especialista comenta sobre a importância do prêmio e as perspectivas para a edição deste ano

Por Murillo Campos 

Maria Angela Sargaço, coordenadora adjunta do Comitê Nacional de Qualidade da ABES (CNQA), explicou os preparativos para a edição deste ano do Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS). Em razão da pandemia de Covid-19, foi lançada uma plataforma de Educação a Distância (EAD) com cursos relacionados às categorias da premiação.

“Espera-se que com essa modalidade de curso online, esse conhecimento possa atingir muito mais colaboradores em função da facilidade de acesso e economia de recursos”, destaca Maria Angela.

O PNQS é responsável por estimular e reconhecer boas práticas de gestão das companhias brasileiras do setor de saneamento. Aliás, as inscrições das categorias IGS (Inovação da Gestão em Saneamento) e PEOS (Eficiência Operacional no Saneamento), voltadas a práticas gerenciais de destaque na organização, estão abertas até esta segunda, dia 10 de agosto.

Em entrevista ao Portal ABES Notícias, a coordenadora-adjunta do CNQA comenta a contribuição da iniciativa para o desenvolvimento do saneamento, além dos objetivos e expectativas da edição deste ano.

Confira os principais trechos da entrevista, a seguir:

Portal ABES Notícias – Há mais de 20 anos, o Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS) é responsável por reconhecer a boa gestão de serviços das companhias. Quais foram as contribuições da premiação para o setor ao longo de todos esses anos?

Maria Angela Sargaço – O PNQS estimula as organizações a aplicarem na sua gestão o Modelo de Excelência em Gestão do Saneamento Ambiental (MEGSA).

Isso faz com que sejam introduzidas e melhoradas as práticas de gestão, trazendo como consequência a melhoria dos resultados dos indicadores.

O efeito da aplicação do PNQS na gestão pode ser demonstrado pelo estudo comparativo, realizado pela Compumax com base no SNIS, entre as companhias estaduais (que representam em torno de 70% dos serviços do setor) participantes e não participantes do PNQS.

Os resultados dos indicadores (de 1997 a 2016) de atendimento urbano de água, de coleta de esgoto, de tratamento de esgoto e de perda de faturamento, são melhores nas companhias participantes do PNQS. Este estudo está disponível no site do PNQS

Portal ABES Notícias – Qual a importância de as organizações participarem do PNQS?

Maria Angela Sargaço – O PNQS oportuniza o conhecimento ou aprimoramento do conhecimento sobre o MEGSA, principalmente, na categoria AMEGSA (As Melhores em Gestão do Saneamento Ambiental), propiciando sua implementação na gestão e melhoria nos resultados das organizações. Além disso, estimula a capacitação gerencial e de profissionais por meio dos cursos oferecidos.

Quando as organizações participam do PNQS, nas suas quatro categorias de reconhecimento do PNQS – AMEGSA, IGS, PEOS e SQFSA, elas têm as práticas de gestão excelentes e inovadoras, e os programas que propiciaram aumento da eficiência operacional, reconhecidos e disseminados.

Portal ABES Notícias – Recentemente, em virtude da pandemia, foi lançada a plataforma EAD de cursos online do PNQS. Como foi essa mudança para o meio digital e o que se espera com a iniciativa?

Maria Angela Sargaço – A mudança dos cursos oferecidos pelo CNQA, de presencial para EAD, foi feita de forma rápida mas com todo cuidado para não perder a essência do treinamento que é o conhecimento do Modelo (MEGSA) e o compartilhamento de experiências, tanto dos instrutores como de outras organizações, por meio de exemplos de práticas e programas que enriquecem o conteúdo dos cursos.

Espera-se que com essa modalidade de curso online, esse conhecimento possa atingir muito mais colaboradores em função da facilidade de acesso e economia de recursos.

Portal ABES Notícias – Quais cursos estão disponíveis? A plataforma facilitará a interação entre os membros participantes?

Maria Angela Sargaço – Os cursos já disponibilizados na plataforma EAD são: Introdução ao MEGSA (IME), Gestão Classe Mundial (GCM) do Níveis I, II, III e III+. Em breve já estarão liberados os cursos IGS, PEOS, Indicadores de Desempenho e Introdução PNQS.

Todos os participantes dos cursos poderão ainda participar de um Tutorial, conduzido por instrutor capacitado para tirar dúvidas ou compartilhar informações. Para o próximo ano já estamos planejando lançar novos cursos que ajudem as organizações a aprimorar sua gestão.

Portal ABES Notícias – Qual o objetivo das categorias PEOS E IGS e da qual forma esse reconhecimento agrega à vida profissional dos participantes?

Maria Angela Sargaço – As categorias IGS e PEOS tem o objetivo de captar, reconhecer e disseminar práticas e programas exitosos, ou seja, são voltadas para candidatura de uma prática ou programa específico. Por isso, qualquer organização pode participar, independente de aplicar o MEGSA completo na sua gestão ou não.

Para os profissionais que desenvolveram a prática ou o programa e que vão apresentar no seminário, é um grande momento de reconhecimento por parte da sua empresa e no Brasil como um todo.

Portal ABES Notícias – Quais são as expectativas para a premiação neste ano?

Maria Angela Sargaço – Em função da pandemia, assim como tudo no mundo, tivemos uma redução na ordem de 50% no número de candidaturas, em todas as categorias. Mesmo assim, temos candidatas em todos os Níveis do AMEGSA, nos níveis iniciais do SQFSA e cases no IGS e PEOS.

Isso demonstra a importância de processo de avaliação e reconhecimento promovido pela ABES, por meio do seu CNQA para o setor de saneamento e demonstra também o quanto as organizações reconhecem os benefícios obtidos com a participação no PNQS.

Fazer acontecer o ciclo do PNQS esse ano é muito importante para demonstrar a continuidade dessa iniciativa, mesmo com percalços a serem superados e para incentivar as organizações a continuarem a sua busca pela excelência por meio do PNQS.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: