Últimas Notícias

Pollutec Brasil 2017: presidente da AIDIS e diretores da ABES prestigiam último dia da feira

Darci Campani, Pilar Espinoza e Maria Lúcia Coelho Silva
A Pollutec Brasil, que tem a ABES como um dos principais parceiros, foi encerrada na última sexta, 7 de abril, na Expo São Paulo, na capital paulista. O último dia do evento contou com a visita da presidente da Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental – AIDIS, a engenheira mexicana Carmen del Pilar Tello Espinoza, e o vice-presidente de Planejamento e Finanças da entidade e membro do Conselho Diretor da ABES, Darci Campani, além de Maria Lúcia Coelho Silva, diretora nacional da ABES.
Da esq. para a dir. Maria Lucia Coelho Silva; Darci Campani, Pilar Espinoza, e Cristiana Rabusin

Carmen del Pilar Espinoza afirmou que para a AIDIS é sempre importante participar das feiras e conhecer as novas tecnologias. “A AIDIS é um ente que difunde e apresenta as tecnologias e analisa para poder assessorar os países e governos e as entidades que devem conhecer as melhores referências sobre o que está no mercado atualmente”, ressaltou. “Também é muito importante a participação nas nossas conferências, nas quais reunimos especialistas de toda a América Latina para debater os mais diferentes temas da engenharia sanitária e ambiental e difundir o conhecimento”, disse a engenheira.

Livros no estande da ABES na Pollutec Brasil 2017

“Temos participado de várias feiras, inclusive da promovida pelo Congresso da ABES, que é uma feira forte, mas voltada para o mercado nacional”, lembrou Darci Campani. “Como professor e profissional da área, preciso saber o que está acontecendo em outros países. Visitando a Pollutec, tenho a oportunidade de ter conhecimento e acompanhar as novidades tecnológicas”

Maria Lucia Coelho Silva falou sobre a importância da parceria entre a ABES e a Pollutec Brasil. “Na minha visão essa parceria é muito importante pincipalmente porque é uma oportunidade da ABES ampliar o seu lado ambiental”, frisou. “A feira tem várias empresas ligadas à poluição do ar, resíduos sólidos, de geração de energia. Então, a Pollutec ajuda a termos um outro olhar sobre a questão ambiental”, completou.
Comitiva da AIDIS na Pollutec Brasil 2017

A diretora da Pollutec, Cristiana Rabusin, explicou que a parceria com a ABES foi muito importante desde o início, porque trata-se de uma feira de meio ambiente. “A ABES tem experiência, conhecimento no setor de água, saneamento, esgoto, resíduos sólidos e tratamento de solo. É uma associação antiga e conhecida assim como a marca Pollutec. Quando decidimos lançar a feira no Brasil queríamos ter o apoio de uma associação que tenha um bom relacionamento com o setor privado e público”, afirmou.

Segundo ela, o Brasil está passando por um momento de crise e as empresas do setor de saneamento e resíduos  estão esperando por investimentos. “Queremos ser uma ferramenta para ajudar o setor público e privado assim como os nossos clientes a gerar novos negócios. Tenho uma conferência sobre consórcio municipal que é sobre como os municípios podem se ajudar para aumentar o volume de negócios e atrair o investimento de grandes empresas em tecnologia. Existem grandes termoelétricas no país, não é um pequeno município ou indústria que pode ter um investimento desse tipo”, argumentou. “Espero que a parceria com a ABES possa inovar, ter conteúdo de palestras e contribuir para o setor. A ABES tem profissionais que trabalham em grandes empresas do setor e pode ajudar nesse sentido de relacionamento”.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: