Venha para o 30º CBESA e conheça a Cidade do Sol!

Natal, a capital do Rio Grande do Norte, na esquina do mapa do Brasil, é uma cidade privilegiada pelas suas belezas naturais. Num raio de 100 quilômetros, lindas praias com dunas, lagoas e coqueirais proporcionam passeios de um dia que encantam os turistas que escolhem a Cidade o Sol para passar suas férias.

Para quem não sabe, Natal também é conhecida como a Cidade do Sol porque o astro rei brilha mais aqui durante o ano todo. A capital potiguar tem cerca de 300 dias de sol durante o ano. O período de chuvas no Rio Grande do Norte vai de março a junho, mas a temperatura fica entre 22 e 28 graus.

A cada ano, mais turistas visitam a cidade para passar suas férias ou participar de eventos, como feiras e congressos, no chamado turismo de negócios. 

Com cerca de 850 mil habitantes, Natal possui o ar mais puro da América do Sul, segundo levantamento da Nasa, agência espacial norte-americana, realizado em parceria com o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais), na década de 90. Esta qualidade no ar é justificada pela sua posição geográfica privilegiada. A cidade está situada literalmente na “Esquina do Continente”, aonde uma brisa constante e agradável vem do oceano para refrescar a cidade, cuja temperatura média anual é de 26,4 graus Celsius. Com o melhor ar para se respirar Natal ainda é uma cidade tranquila, onde seus moradores cultivam alguns hábitos do interior, como o de bater conversar sentados em cadeiras colocadas nas calçadas, em noites de muito calor. Esta cena é muito comum no popular bairro do Alecrim.

Porta de entrada para os visitantes conhecerem cerca de 420 km de litoral potiguar com belíssimas praias, dunas, lagoas, salinas e coqueirais, bem como o interior, com suas paisagens únicas de sertão, serras e sítios arqueológicos, Natal tem uma boa infraestrutura para atender aos turistas que escolhem a cidade como destino turístico.

Cidade do sol, do Morro do Careca, um dos seus cartões postais, de mar de água cristalina e morna, a capital dos potiguares tem um povo hospitaleiro que recebe seus visitantes de braços abertos! 

Fonte: https://www.natalonline.com