Edição 2021 da Fitabes será pré-lançada dia 15, em evento online

Edição 2021 da Fitabes será pré-lançada dia 15, em evento online

No dia 15 de dezembro, terça-feira, às 10h, a ABES fará online o pré-lançamento da edição 2021 da Fitabes – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, com transmissão pelo canal da ABES no YouTube (clique aqui para marcar lembrete).

A Fitabes acontecerá juntamente com o  31º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, o Congresso da ABES, de 17 a 20 de outubro de 2021, em Curitiba, Paraná, apresentando as mais recentes inovações tecnológicas do setor de saneamento inseridas no contexto das cidades inteligentes. Esta edição terá como tema central ““Cidades Inteligentes conectadas com o saneamento e o meio ambiente: desafio dos novos tempos”.

O Congresso da ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental –  é o mais importante evento de saneamento e meio ambiente do Brasil. Há mais de cinco décadas apresenta, reúne, discute, planeja e integra ações de forma a vencer os desafios da universalização do saneamento, visando à proteção do meio, à saúde e bem estar de todas as pessoas, sem exclusão, por meio da participação de grandes especialistas do setor, pesquisadores, profissionais e estudantes, conectando órgãos públicos e privados, empresas e organizações sociais à ciência, pesquisa e inovação tecnológica.

O Congresso discutirá o desafio de como tornar as cidades e comunidades inteligentes, conectadas, resilientes e sustentáveis. Considerando os pilares do saneamento básico como a base para atingir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, da agenda 2030 – Organização das Nações Unidas – ONU.

Neste contexto, uma cidade inteligente e conectada com o meio ambiente e o saneamento é aquela capaz de criar estruturas de gestão e governança para resolver problemas e se adaptar a novas situações com rapidez, tornando-se resiliente. Deve promover a inclusão social por meio da universalização da água e do saneamento, reduzindo desigualdades e incentivando comportamentos saudáveis, consumo sustentável da água, dos alimentos e de outros insumos, incentivando a produção responsável e circular e trabalho digno, com menos impacto ao meio e com mais ações integradas e mais segurança, protegendo a vida na terra e na água.  Quanto aos tipos de resíduos provenientes das atividades humanas, as ações de saneamento devem priorizar a separação, utilização e reciclagem, bem como o tratamento, visando geração de energia e outros insumos por meio da aplicação de tecnologia de inovação, assegurando a economia circular sustentável.

O Saneamento possui papel essencial na construção de uma cidade e comunidade sustentáveis, pois a universalização promove inclusão, segurança e resiliência, incluindo ações contra mudanças do clima, proteção à vida na água e na terra, considerando as necessidades diferenciadas das áreas rurais, periurbanas e urbanas.

O Congresso promoverá uma ampla discussão do tema e da agenda institucional e técnica do setor de saneamento ambiental, com a interação dos profissionais, do ensino, da pesquisa e da inovação e apresentará casos de sucesso e boas práticas do setor, além de proporcionar ao público a participação com apresentação de trabalhos técnicos, troca de experiências e um valioso e amplo networking. O evento fortalece parcerias nacionais e internacionais e promove meios de implementação de ações, visando o desenvolvimento sustentável.