Sobre

O que é a Câmara de Resíduos Sólidos

A Câmara Técnica de Resíduos Sólidos (CTRS) é órgão consultivo da Diretoria Nacional sobre o tema e um espaço de integração temática dos sócios da ABES que atuam no setor de resíduos sólidos. Sua atuação baseia-se no comprometimento individual dos profissionais que a compõem e nas ações e discussões das seções estaduais. Estão ativas as Câmaras Técnicas de Resíduos Sólidos do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo. Cabe à CTRS manifestar-se sobre as atividades de capacitação no setor, propondo ações e mobilizando instrutores e palestrantes.

Como trabalha?

A Câmara Temática de Resíduos Sólidos reúne-se presencialmente uma vez ao ano, alternando entre os eventos Seminário Nacional de Resíduos Sólidos e Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Na medida da disponibilidade de espaço e tempo, a Câmara reúne-se durante os simpósios Luso-Brasileiro e Ítalo-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental ou outro evento de caráter nacional promovido pela Direção Nacional.

Além do Seminário Nacional de Resíduos Sólidos, proposto para ocorrer nos anos pares, a Câmara é responsável pela promoção de uma mesa redonda e do Fórum Nacional de Resíduos Sólidos durante o Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, nos anos ímpares. Também nos Simpósios a CTRS é convidada a promover mesas redondas.

Complementando a atuação durante os grandes eventos nacionais, a CTRS tem o desafio de discutir virtualmente temas de interesse relevante para os profissionais do setor.

Esta página é uma tentativa de dinamizar as discussões virtuais.

Cursos e eventos realizados – clique aqui

Através da CTRS a ABES se faz presente em diferentes fóruns de participação social. Atualmente, a ABES participa de:

Comissão ABNT/CEE-129 Resíduos de serviços de saúde
(Projeto de Revisão das Normas ABNT relativas a resíduos de serviços de saúde)
Titular – Roseane Souza/SP (Coordenadora)
Suplente – Jussara Kalil Pires/RS
Titular ABES/SP

Grupo de Trabalho para revisão da Resolução Conama nº 5/1993 que “dispõe sobre o gerenciamento de resíduos sólidos gerados nos portos, aeroportos, terminais ferroviários e rodoviários” – entidade suplente.
Representante – Alba Ferreira La Rosa/RS

Como participar

A participação é aberta a todos os sócios, bastando, para tanto, informar o interesse à Direção Nacional ctresiduossolidos@abes-dn.org.br. Para facilitar a integração, sugerimos uma breve apresentação, informando a formação acadêmica, o local e área de atuação. De posse das informações, o Coordenador da CTRS entrará em contato para inclusão em listas de discussões e convite para reuniões presenciais.

Está sendo organizado um recadastramento de todos os participantes.