Page 109 - Livro Sabesp
P. 109

A conscientização se deu bem torte, contribuiu em muito,

pois a diiicuidade era de todos neste ano de 20i4.

Sensibiiizacao que por aigumas vezes ioi aiém e produziu

situações muito, mais muito atipicas no dia a dia normai.

Três e><emp|os veem de Botucatu, Itapetininga e Tambaú.

Em Botucatu, o Rio Pardo, que abastece a regiao, assim

como dezenas, comecou a secar. Foi preciso montar

captação para retirada de agua do Rio Pinheirinho.

Contudo, sua ciassiiicacao era Ciasse 4, estabeiecida União que iombém foi preponderante em Tambaú' A
peb Dedeb &AÓBI de ¡976 A SABESP¡ há décadas¡ cidade, não abastecido peia SABESP, ioi uma das que
reaiizou trabaihos para despoiuicõo do rio, ou seio, mais soireu a crise no Estado de Sao Pauio. A pedido
eie estava em Condmões hóbew para Copwçõo' mas, do governo estaduai, a Companhia, em coniunto com a
Ciossmcodo como Q0556 4. Deiesa Civii e o DAEE, auxiiiou o municipio a resoiver a

situação crítica de iorma agii.

Desta iorma, não se conseguiria a Outorga. Por

eXpen-êncw, O SABESP Conduzw O obra ao mesmo O pedido chegou numa sextarieira, a tarde. Na segunda¡
tempo em que se buscava o hcenço_ Ambos foram mms ieira, a Preieitura de Tambaú ia tinha o proieto executivo
do que dinamicas. Em dois dias, a ciassiiicacao do Rio Pronto! com Os materiais O serem Comprados' como
Pinheirinho passou a ser Ciasse 2, e em mais aiguns dias a POW] O porre burocrático Por Vós' O SABESP emprestou e
obra iicou pronta. A mobiiizacôo se deu entre governo do O Obra Começou' Em POUCO tempo! O Por distame Cerca
Estado, Comitê da Bacia Hidrograiica do Rio Sorocaba e de 7 km do Cídodei foi Conoiizodo' Soiuçõo para O
Medio Tietê - CBH-SMT, SABESP, DAEE, sociedade civii Ptoiiemo que Oieio” 05 90 mi' “Omdmôs-

e industria.
































































   107   108   109   110   111