Page 58 - Livro Sabesp
P. 58

V¡
KÇCÇ
x3)
LEGADOS DÁ CRtSÉ HÍDRICA
Trabaiho que ia das Óh as iQh, de domingo a domingo.
Acordava-se as 5h da manha, rotina que mexeu até
mesmo com o tocat onde as equipes descansavam. Por
ser uma obra bem distante, boa parte teve que Ficar
aiocada em hotei na cidade de Suzano. O Cate da
manha toi antecipado em uma hora, as 5h, pois óh todos
ia estavam na trente do "servico". Por diversas vezes as
equipes passavam do horario, chegavam depois das
22h. janta? Lanche abastecia os guerreiros antes da
descanso diario merecido.
No todo, o desenvoivimento da obra do Rio Guaió para
. _ x a Represa Taiacupeba se deu de maneira organizada. As
~  ' ' ~ ' . - --~ - equipes Foram, conheceram, entenderam toda o proieto.
F “e-r.. ' _ N?? _~ a Da captacao ate a distribuiçao. De onde sairia a agua até
t a f” V É* i “ , seu onto Íinat. Atem disso, uando uma e ui e acabava
a_ t _ _ › p q q P
 ( x J .À _ ' um pedaço antes da outra, eia criava torcas ainda maiores
" . , - a - para aiudar na continuacao da respansabiiidade da outra
. ' _ turma. Atguns saíam na trente, vo|tavam e aiudavam com
, *i...¡,_,_p¡¡; amizade, companheirismo, tartateza. A expertise de um
. \ ,  . . . .A .
_ f; ,- 'a OhOVOSG ao conhecimento maior do outro, experiencias
f É”. - A _f se entreiacando, o macete de trabaiho deu a obra a
 1 Q ' â   "*  agitidade e tundamentacao necessarias.
<..;  .,.,V_:,':_Z_¡ç,_._:_ vaza_  .J  
 « .-~ . ser»  g;  :a .-
ã:.5g°*$mà~»^ü1-:a›,r'“§=,:=:;. ' 415v ~ - -;-›~-_. 
.-g mit-r'-  ~“ -' -.:, /7 ~ ~ " ..   - . . . .
  -_ . .__,  5._  Do tado sui da capitat pautista, o Sistema Guarapiranga
..-~.7_~a¡x¡.,-t<  .;~ ›.',-.__« -.~__;:~' jus_ :'-  ;H5 T _ *N35  f* _ _ _ _
._ ~ ;sr- _J  r x _     w ~ e o Rio Grande/Bittings estavam com suas capacidades
s ›~ »sa  :às:  › -~.=«._,-:› ~ _Ír-*gu _ _ _ _
 ' ai;  _tai '  .:7,.:.-¡_?, “à n -v t? exceientes. Se naquete momento o obietivo era aiudar o
 x   A'  53"' Cantareira, um monte de ideia brotou para tazer ievar a
Ê“-3é'SÍ_;.'~I-k-_:.Í...ʧ$“_ ;j 'f' 1!'.-  Í' ' '7  .z ' agua desses dois reservatórios.
, v_  .v, . ..._.._ , .à o _  ..É   u...
 “.«.-.:_-.  ' -'.'~, ~- 'QR  f.? "'§”*'”?:_? ”~'::  m:
    
'c"-'“3.=. :p e.: í' “W l ;“›“'”"5- *ía-xiii*
?L .l Íà¡ í__›_-.-¡^_.~__ -.-~.~,,___ L). -'. ..k _íxâ-j-r,_nsfíij=ç 
 ~ '$553 «a '. :jd  '.=?"'<"'*
ygàsmzzi¡  .-§?§Ê1í›n-.sf-:§ ' é;  '  -__-~'+'.~
r.  . ~ *  “S”. f «a r 1*.. a ai: *kuifír* 
 c-r-“gf- -¡. ij ' .'    ~- “Í

_. N_ _r 5 ~__ *.;_V›. v_,~â_-_¡j  n_ _ . * .
-; nf; v: ?Ti g.; ';+›=.~.§i:~..__-::.»  ,-*'t'~.-s_›g-:'›.g_s
É* a' 1:. ..$312 ...sl (mural. "sd§.'$":*'7“   *_›:*'-. *a















































   56   57   58   59   60