Últimas Notícias

Entrevista/PNQS 2018: Regional Londrina da Sanepar é uma das reconhecidas no Nível II “Rumo a Excelência” na categoria AMEGSA

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental –ABES promoverá, de 26 a 28 de novembro, no Rio de Janeiro/RJ, os Seminários de Benchmarking e a Cerimônia de Premiação e encerramento do Ciclo PNQS 2018 –  Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento. Entre as reconhecidas desta edição do Prêmio na Categoria (confira aqui a lista completaAs Melhores em Gestão no Saneamento Ambiental – AMEGSA está Sanepar – Unidade Serviço Regional Londrina, que foi contemplada no Nível II– “Rumo a Excelência”.

Este ano, o PNQS, considerado o Oscar do Saneamento no Brasil, ocorre simultaneamente à Rio Water Week – a Semana da Água do Rio, encontro internacional que será promovido pela primeira vez no Brasil, com a participação de mais de 100 palestrantes convidados, sendo cerca de 60 internacionais (programação completa aqui).

Rosimére de Castro

“A cultura de excelência faz parte da história da Unidade de Serviço Industrial da Regional de Londrina que, desde 2000, vem incorporando os conceitos de qualidade e excelência de gestão às práticas da unidade, a fim de garantir a excelência de seus produtos e processos”, destaca Rosimére de Castro, da Coordenação de Produção de Água / GIDLD / GGND da Cia de Saneamento do Paraná – Sanepar.

O prêmio, segundo ela, somado aos outros troféus de PNQS e certificados de qualidade já conquistados pela unidade, vem coroar o empenho e a dedicação dos profissionais que aceitaram o desafio de participar da premiação. “Este o reconhecimento é esperado por todos da unidade, pois reflete o comprometimento de cada um na busca pela melhoria contínua e o compromisso com a qualidade”, frisa.

Importância do Prêmio para o setor de saneamento no Brasil

Rosemére comenta sobre o significado do PNQS para o saneamento brasileiro. “O prêmio fortalece o setor ao estimular as melhores práticas de gestão, valorizando as empresas com os melhores resultados, trazendo benefícios a todas as partes interessadas”, diz e acrescenta que ao atuar com excelência, a empresa se torna cada vez mais sustentável. “Ganha a empresa, ganham os clientes e, acima de tudo, o setor, ao elevar os índices de saúde e qualidade de vida da população”, reforça.

O modelo de gestão reconhecido no PNQS 2018

O modelo de gestão da unidade, de acordo com Rosemére, está baseado na melhoria constante dos processos por meio do “ciclo de aprendizagem”, alinhando o Modelo de Excelência com as NBRs ISO 9001 e ISO 14.001. “Deste modo, a unidade investiu na capacitação técnica e no desenvolvimento de inovações, aumentando a eficiência dos processos e garantindo a excelência de seus produtos”, conta. “Entre as principais práticas, está a gestão compartilhada das decisões, promovida por ferramentas de qualidade que permitem uma visão sistêmica dos processos (desde a alta direção até o nível operacional), possibilitando a tomada de decisão por todos os integrantes da cadeia de valor. Com isso, é possível atender os requisitos dos clientes com abastecimento de água com quantidade, qualidade e regularidade e garantir ótimo índice de coleta e tratamento de esgoto”, explica.

Acesse aqui a programação do evento de encerramento do Ciclo PNQS 2018

Leia também

PNQS 2018: Unidade de Negócio de Produção de Água da Sabesp é reconhecida com Troféu Quíron Platina na categoria AMEGSA

Apoio:

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: