Confira a programação do JPS no Congresso da ABES

Confira a programação do JPS no Congresso da ABES

O programa Jovens Profissionais do Saneamento da ABES terá uma série de atividades no 31º Congresso durante os intervalos do evento, de 18 a 20 de outubro, sempre das 12h30 às 13h30. Serão três encontros: o Fórum JPS, um debate abordando o legado do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo e outro sobre o audiovisual como ferramenta de engajamento e sensibilização, com presença de jurados do Concurso de Vídeos promovido pelo JPS. A programação também contemplará três oficinas de Educação Ambiental (veja abaixo).

O Congresso da ABES 2021 será realizado presencialmente, em Curitiba, e no formato online, em plataforma exclusiva e interativa, juntamente com a Fitabes – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental. O tema central desta edição é Cidades Inteligentes conectadas com o saneamento e o meio ambiente: desafio dos novos tempos”.

Confira as atividades do JPS no evento

18 de outubro (segunda-feira), das 12h30 às 13h30 – FÓRUM JPS (Plenária, sala 3)

O Fórum JPS é o encontro nacional do Programa Jovens Profissionais do Saneamento, que ocorre a cada dois anos, com o objetivo de discutir os rumos do programa, traçar estratégias de atuação e apresentar resultados no âmbito nacional, além de compartilhar experiências (cases) de sucesso promovidas em nível estadual.

Palestrantes: 

Witan Silva, coordenador nacional do JPS

Manuela Proença, Viviane Santos, coordenadora do JPS Baixada Santista -SP

Rayssa Jacob, coordenadora do JPS-Rio

Maria Fernanda G.B., coordenadora do JPS-SP

Marcela de Paula Felix, coordenadora do JPS-GO

Gustavo Gutemberg. coordenador do JPS-PA

Programação

12h30 – Abertura do Fórum JPS (1)

12h35 – Conhecendo os coordenadores do Programa (1)

12h45 – Apresentação dos GT’s e resultados do Programa nacionalmente (2, 3)

13h55 – Cases exitosos em nível estadual ( 4, 5, 6, 7)

Produção de conteúdo e redes sociais

Expansão e criação de núcleos

Captação de novos membros

Trabalho intergeracional

13h25 – Debate entre os participantes

13h30 – Encerramento

19 de outubro, terça-feira, das 12h30 às 13h30 – O Legado do Stockholm Junior Water Prize Brazil 2021 (Plenária, sala 3)

O painel visa discutir o legado do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo, sua repercussão nacional e internacional e os desdobramentos após a premiação. Os professores orientadores e mentores da edição irão discutir a jornada entre a atração de estudantes, o desenvolvimento de pesquisadores e a transformação empreendedora necessária para a viabilização e implementação das soluções em escala. 

 

Palestrantes 

Witan Silva, coordenador nacional do Prêmio SJWP (Presencial)

Gabriel Fernandes , vencedor Prêmio SJWP Brasil e categoria People’s Choice Award international

Victor Gustavo Diniz Silva

Ariel Rodrigues Sousa dos Santos

Fernanda Poleza, professora Orientadora

Maria Goretti Cabral de Lima, professora Orientadora

Anna Bessera, embaixadora Prêmio SJWP

Rosângela Melatto, presidente da Abraps e mentora do Prêmio SJWP

Programação

12h30 Abertura – Vídeo Prêmio SJWP edição 2021

12h35 Mesa redonda

  • Vencedores do 1° e 2 ° lugares contam suas experiências
  • Professores orientadores discutem sobre o processo de incentivo e atração de alunos para a pesquisa.
  • Perguntas e respostas

13h – O papel da mentoria no aprimoramento da comunicação científica e no desenvolvimento da visão estratégica dos estudantes

13h15 – O despertar do empreendedorismo em pesquisadores na busca de implementar seus projetos.

13h27 – Convite para a edição 2022

13h30 – Encerramento 

20 de outubro, das 12h30 às 13h30 – O Audiovisual como ferramenta de engajamento e sensibilização – Mesa redonda com jurados do CONCURSO VÍDEOS ABES (Plenária, sala 3) 

O painel discutirá os avanços e desafios na virtualização da comunicação na adaptação ao “Novo Normal” – imposto pela pandemia de COVID-19. Pretende-se, ainda, discutir os canais de comunicação, suas metodologias e a necessidade de evolução e ampliação no uso do audiovisual como ferramenta de engajamento e sensibilização da população sobre saneamento, meio ambiente e saúde. 

Palestrantes

Rayssa Jacob, coordenadora JPS RJ e líder na organização do 1° concursos de vídeos da ABES

Célia Rennó, diretora Sudeste da ABES-DN e idealizadora do 1° concursos de vídeos da ABES 

Sabrina Neumann, jornalista e editora assistente da plataforma “Um só planeta” –  Projeto de sustentabilidade da Editora Globo

Arthur Senra,  diretor, montador, curador e programador de cinema e audiovisual

Álvaro Diogo, Tecnólogo em Hidráulica e Saneamento Ambiental e Mestre em Gestão e Tecnologia em Sistemas Produtivos

Programação

12h30 – Abertura (Célia, Rayssa e Witan)

12h35 – Palestra da Jornalista Sabrina Neumann

12h45 –  Palestra do Diretor Arthur Senra

13h – Palestra Álvaro Diogo

13h10 –  Debate entre os participantes

13h30 –  Exibição dos vídeos finalistas do concurso e encerramento

Serviço

O quê: programação do JPS no Congresso da ABES – intervalos

Quando: de 18 a 20 de outubro, das 12h30 às 13h30

Para mais informações sobre o evento e programação completa, acesse aqui

Oficinas de Educação Ambiental (Inscreva-se aqui)

18 de outubro (segunda-feira), das 16h às 17h30 – 1º Oficina de Educação Ambiental JPS – Cidades 

Identificação e caracterização do espaço urbano: o caminho para a sustentabilidade

A oficina sobre Cidades irá fazer uma breve introdução do que é a cidade e alguns conceitos, abordando problemas que assolaram a vida urbana no passado e como interferem no presente e podem vir afetar o futuro. Serão explanados sobre a dinâmica do uso e ocupação do solo urbano, trazendo conceitos de vazio urbano, centralidade urbana e a realidade das cidades frente aos serviços de saneamento básico. Por fim, será apresentado sobre como as cidades reagiram à pandemia do Covid-19, exemplos de cidades que vivem de forma sustentável e a diferença entre os tipos de cidades.

Programação:

16h – Abertura oficial (Witan e Manuela)

16h10 – O Impacto das oficinas de educação ambiental 

16h20 – Diretrizes inspiracionais para 3° edição das oficinas 

16h30 – ODS 11 e Conceito de Cidades
16h45 – Espaço Urbano e Desigualdades

17h – Uso e Ocupação do Espaço Urbano

17h15 – Como Alcançar a sustentabilidade

17h30 – Encerramento 

Palestrantes: 

Jean Henrique Menezes Nascimento (jeanhenrique793@gmail.com)

Discente de Engenharia Ambiental e Sanitária na Universidade Federal de Sergipe e cursando Técnico em Meio Ambiente pelo Senac Brasil. Além disso, é Presidente da Liga Acadêmica de Saneamento e Cidades de Sergipe (Sanear), Assessor Técnico Popular no Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo da UFS (Trapiche UFS) e Coordenador Adjunto no GT Educação Ambiental do JPS Nacional.

Nathália Nascimento Silva e Souza (souza.nascimento.nathalia@gmail.com)

Engenheira Ambiental e Sanitarista. Mestranda em Engenharia Ambiental na UFRPE, Especialista em Gestão e Controle em Áreas Contaminadas por Resíduos Sólidos e em Gestão de Cidades e Planejamento Urbano. Além disso, é Coordenadora do JPS-PE e membra do GT de Educação Ambiental do JPS Nacional

19 de outubro (terça-feira), das 16h às 17h30 – 2ª Oficina de Educação Ambiental JPS – Cidades Sustentáveis 

A oficina cidades sustentáveis irá abordar sobre a cidade como um organismo vivo e quais são as possibilidades já existentes de conectar e equilibrar os diversos elementos que a constituem, de forma a torná-la sustentável. Serão apresentadas características de uma cidade sustentável e o tema será contextualizado com o ODS 11. Ademais, serão abordados aspectos como ar, água, resíduos, esgoto, drenagem, mobilidade em cidades sustentáveis além de temas como economia circular, agricultura urbana e permacultura aplicada à vida urbana para a melhoria do equilíbrio das cidades.

Programação

16h –  Abertura (Iara e Jean)

16h05 – Introdução ao conceito e ODS11

16h20 – Cidades como organismos vivos

16h25 – Principais características  

16h40 – Economia Circular e Agricultura Urbana

16h50 – A lógica permacultural na vida urbana 

17h05 – Dúvidas 

17h15 – Encerramento

Palestrantes:

Everton Eduardo Gomes Rocha

Engenheiro Ambiental e Sanitarista, Agente de Saneamento e voluntário do JPS Minas Gerais

Manuela Bahiense W. Proença

Engenheira Ambiental, pós graduada em Educação Ambiental e Sustentabilidade, coordenadora adjunta do JPS MG

Regina Coeli Lima

Engenheira Civil, especialista em Gestão e Controle de Áreas Contaminadas por Resíduos Sólidos, pesquisadora do Grupo de Pesquisa Gestão Ambiental de Pernambuco (Gampe), mestranda em Engenharia Ambiental, voluntária do programa JPS PE

20 de outubro (quarta-feira), das 16h às 17h30 – 3ª Oficina de Educação Ambiental JPS – Cidades Inteligentes

A oficina de Cidades Inteligentes irá abordar sobre como a cidade foi pensada e sua evolução ao longo do tempo, quais conceitos nortearam a ocupação urbana (aproximação humana e ambiental ou distanciamento; priorização das vias etc). Reflexão sobre o impacto das escolhas na ocupação urbana e os desafios/custos para mudar. Elencar os problemas oriundos das escolhas boas ou más. Discussão de novas tendências como uso da inteligência artificial em alguns serviços públicos. Evidenciar China, Japão e alguns países da Europa que utilizam esses sistemas

Programação

16h – Abertura e Panorama geral

16h15 – Cidades Inteligentes, conceito, ferramentas, Reflexão sobre o impacto das escolhas na ocupação urbana 

16h35 – Ranking Cidades Inteligentes Brasileiras (mostrando imagens e principais características que a elencaram como uma Cidade Inteligente)

16h45 –  Cidades Internacionais Inteligentes (mostrando imagens e principais características que a elencaram como uma Cidade Inteligente) 

17h15 – Dúvidas

17h30 – Encerramento

Palestrantes:

Fernanda Heringer de Souza

Estudante de Engenharia Ambiental

Witan Silva

Engenheiro Ambiental e Sanitarista.