Prêmio Jovem da Água de Estocolmo

Comissão de Pré-Seleção

Comissão de Pré-Seleção

Juliana Alencar

Presidente da Comissão de Pré-Seleção

Pós-doutoranda na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Doutora e Mestra pelo Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental (PHA) da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Bióloga e Engenheira Ambiental pela Universidade de São Paulo e Sanitarista pela Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo.

Adriana Afonso Sandre

Doutoranda da FAU-USP (início em 2018), laboratório LabVerde. Mestre em Paisagem e Ambiente pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP). Arquiteta e Urbanista pela mesma instituição. Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas, ambos pela USP (2010) e com bolsa de Iniciação Científica pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Técnica em Paisagismo pelo Senac (2009). Docente de Arquitetura da Paisagem e Estúdio de Urbanismo e Arquitetura na USJT. Participou do GCUA Summer school on Green and Sustainable cities em Malmö (2015), contemplada com bolsa da Swedish University of Agricultural Sciences (SLU). Tem experiência em coordenação de projetos ambientais e educacionais, nas áreas de planejamento urbano, ecologia da paisagem, infraestrutura verde e recuperação de bacias hidrográficas urbanas.

Daniela Rizzi

Possui graduação na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2004). Intercâmbio Acadêmico Universitário com a Technische Universität München através do Convênio entre as Universidades TUM e USP (2002-2003). Doutorado na Alemanha sob a orientação do Prof. Peter Latz, na Technische Universität München. A linha de pesquisa do doutorado foi a recuperação de paisagens fluviais urbanas. Atualmente desenvolve pesquisa na área de Infraestrutura Verde, focando a questão da drenagem sustentável e tratamento de poluição difusa através de LIDs em Bacias Hidrográficas Urbanas.

Fernando Mortara

Engenheiro Ambiental e Mestre em Engenharia Hidráulica e Sanitária, ambos pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI – USP). Professor no IPEN – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares – USP, na disciplina Tratamento de água para fins industriais. Professor da UNIP – Universidade Paulista na disciplina de Hidráulica e Saneamento. Foi Professor da Anhembi Morumbi em na disciplina de saneamento e hidráulica e da UNINOVE – Universidade Nove de Julho, no curso de engenharia civil nas disciplinas de hidráulica, hidrologia e planejamento de empresas e empreendimentos. Sócio fundador da SHAREWATER – Uso Racional da Água, onde foi Diretor Técnico na área de projetos e consultorias em engenharia hidráulica e saneamento por 10 anos. 

Guilherme Castagna

Sócio-fundador da Fluxus Design Ecológico, desde 2006 integra sua formação acadêmica como engenheiro civil (E.E. Mauá, 1998) à visão sistêmica da permacultura na elaboração de projetos de sistemas inovadores de manejo integrado de água, de projetos especiais de pequeno porte à consultorias para indústrias e pequenos municípios. Mestre em Gerenciamento de Projetos pela Universidade de Nova Gales do Sul (UNSW), e Pós-graduado em Comércio pela Universidade de Sydney, ambas na Austrália, foi premiado no Brasil em duas ocasiões pelo projeto de Manejo de Águas Pluviais do Estádio Nacional de Brasília (Von Martius 2013, e Saint Gobain Habitat Sustentável 2014), além de ser autor do projeto de manejo integrado de água do edifício Harmonia 57, vencedor do prêmio austríaco Zumtobel 2010 na categoria Ambiente Construído (Built Environment). É também palestrante (TEDx 2.0, Expo GBC, Verge, Concrete Show, e outros) e ativista,  membro do coletivo PermaSampa, co-fundador da ONG Humanaterra, co-idealizador do Movimento Cisterna Já, e facilitador de cursos para técnicos e leigos, voltados ao empoderamento das pessoas no cuidado com a Água. Vive no Sítio Boas Novas, em Pedra Bela/SP, onde aprofunda suas pesquisas com a aplicação prática de soluções não-convencionais.

Guilherme Marques Iablonovski

Mestre em Planejamento e Gestão do Território pela École dUrbanisme de Paris (2018, reconhecido pela UFABC em 2019), possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2014), com período de intercâmbio no Institut dUrbanisme da Université de Montréal (2012). Atuou como assistente de pesquisa para o projeto Performative Nature no Departamento de Urbanismo da Delft University of Technology (2013) com o tema Geodesign de redes de Infraestrutura verde-azuis e na McGill University (2012) com o tema Redes de Infraestrutura. Em 2016, passou a integrar o Pagus – Laboratório da Paisagem (Instituo de Geociências UFRGS). Atuou como pesquisador no projeto Mobilidade Urbana Saudável (2016), um convênio entre as UFRGS, UFSC, UnB e Oxford-Brookes University. Atualmente é pesquisador do projeto Programa de Monitoramento de Fauna do Núcleo de Ecologia de Rodovias e Ferrovias da UFRGS (2019) e professor convidado na Université Paris-Dauphine, onde desde 2017 leciona a disciplina “Data, Conflicts and Disasters”. Paralelamente, atuou profissionalmente como Gerente de Projetos na 3C Arquitetura e Urbanismo (2014), onde coordenou projetos de desenho e planejamento urbano, Especialista de Dados Espaciais na Urban Resilience Platform (2017), em Paris, e Gerente de Portfólio na Codex Remote Ciências Espaciais (2019), onde desenvolve produtos digitais voltados ao planejamento e gestão territoriais e o direcionamento da transformação digital ao desenvolvimento sustentável. Suas principais linhas de pesquisa são Geodesign, Infraestruturas verde-azuis, Urbanismo saudável, Ecologia territorial, Metabolismo Urbano e Leis de Escala em Cidades.

Hildelano Delanusse Theodoro

Doutor em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos (UFMG), Mestre em Extensão Rural pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), MBA Executivo em Gestão de Projetos (AVM), Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Graduado em Administração (UNIP), Licenciado em Ciências Sociais (FIC), Graduando em Ciências Contábeis (UNIP). Membro dos grupos de pesquisa “Observatório de Políticas Públicas” e “Educação Ambiental Interdisciplinar”, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e do grupo de pesquisa “Gestao e Governanca de Recursos Hidricos” (COPPE-UFRJ). Integrante dos projetos de pesquisa “Projeto Escola Verde” pela Universidade do Vale do São Francisco (UNIVASF); “Governança das águas: elos, nós e caminhos” e “Construção e consolidação do observatório de governança das águas: Núcleo Fluminense” pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Ex-bolsista CAPES-REUNI pela UFMG (Doutorado) e CAPES pela UFV (Mestrado), tendo sido professor-tutor em várias disciplinas relacionadas às políticas públicas e gestão de projetos para – Ciências Sociais, Economia, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Arquitetura. Consultor e auditor na área ambiental. Docente universitário desde 2000 em mais de 15 IES brasileiras. Membro do Centre daide à la Famille (CAF-Montreal) e do Conseil Provincial du Québec des Métiers de la Construction (International) – Montreal. Profissional especializado em amianto (DELSAN AIM – Quebec/CA). Faixa preta de Karatê, estilo Kenyu-Ryu pela Federação Mineira de Karatê. Membro da equipe editorial da Waterlat Red; autor de livros e artigos sobre gestão e políticas públicas de recursos hídricos. Revisor de revistas científicas desde 2010 (REGA; RESA; Revista Eletrônica da UERGS; BIOENG; Gedecon; Revista Debates; Ambiente e Sociedade), da International Water Association (IWA), da Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRHidro); da Editora DPlácido e da Editora Manole.

Iporã Possantti

Engenheiro Ambiental com ênfase em Planejamento Ambiental, Recursos Hídricos e Engenharia Sanitária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e mestrando em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS.

Jossandra Alves

Mestre em Clima e Ambiente pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Especialista Gestão de Projetos em Engenharias e Arquitetura pelo IPOG e Engenheira Civil pela UEA. É Coordenadora de Engenharia Civil e Professora Universitária na FMF-Wyden. Coordenadora do programa Jovens Profissionais de Saneamento no Amazonas da ABES, além de ser pesquisadora do Laboratório de Recursos Hídricos e Altimetria Espacial da Amazônia (RHASA) e ter experiência em recursos hídricos, projetos civis, saneamento e drenagem.

Layane Carmem Arruda da Rocha

Engenheira de Biossistemas pela Universidade Federal de Campina Grande, no Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido e Mestranda em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. Possui experiência com os Softwares QGis e Spring.

Lincoln Delgado

Advogado especialista em Direito Ambiental e Urbanístico. Mestrando em Ecologia – Escas/IPE. Especialista em Gestão de Recursos Hídricos e Manejo de Bacias Hidrográficas – UNITAU. Foi representante da OAB no Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul – CBH-PS por mais de 10 anos. Atualmente preside o Conselho do Meio Ambiente de São José dos Campos.

Lívia Poliana Santana Cavalcante

Bióloga pela Universidade Estadual da Paraiba (UEPB), Especialista em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável pela UNINTER, Mestre e Doutora em Recursos Naturais pelos PPGRN/CTRN/UFCG. Integrante do Grupo de Extensão e Pesquisa em Gestão e Educação Ambiental – GGEA/UEPB. Membro da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES). Desenvolve pesquisas com ênfase em: Gestão, Educação e Saneamento Ambiental, Desenvolvimento Sustentável, Análise de Riscos Ambientais, Licenciamento e Avaliação de Impactos Ambientais. Educadora em Biologia, Ciências, Gestão e Saneamento Ambiental. Com interesses nas pesquisas com temáticas sobre: Planejamento e Justiça Ambiental, Ecologia da Restauração, Ecologia da Paisagem, Zoneamento Ambiental e Geoprocessamento.

Luciano Barros Zini

Engenheiro Químico, Mestre em Engenharia Química e Doutorando em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente é Especialista em Saúde/Engenheiro Químico na Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade da água para consumo humano; metodologias analíticas, técnicas de tratamento e impactos na saúde pública.

Luciano Zanella

Possui graduação em engenharia civil pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho(1995), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Campinas(1999) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Campinas(2008). Atualmente é engenheiro pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, Revisor de periódico da ECOLOGICAL ENGINEERING, Revisor de periódico da Revista Engenharia Sanitária e Ambiental e Revisor de periódico do FOCO (FACULDADE NOVO MILÊNIO). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em saneamento e ambiente. Atuando principalmente nos seguintes temas:wetlands, pós-tratamento, sistemas naturais, esgoto sanitário.

Maira Simões

Bacharel em Gestão Ambiental pela Universidade de São Paulo – EACH/USP, mestre em Engenharia Hidráulica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI/USP), na especialidade de Recursos Hídricos e Qualidade da Água, cuja dissertação teve como foco a qualidade da água de um reservatório utilizado como manancial na Região Metropolitana de São Paulo e doutoranda da Faculdade de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Campinas (FEC/UNICAMP), na área de Recursos Hídricos, Energéticos e Ambientais, cuja tese tem como tema a governança multinível da água na bacia do Rio Paraíba do Sul com suporte de metodologias multicritério. Consultora e pesquisadora na área gestão de recursos hídricos e gestão do saneamento, qualidade da água e governança da água. Ocupou cargo de gestora ambiental na Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Suzano entre 2013 e 2015, com atuação na área de saneamento ambiental e educação ambiental. Atualmente ocupa o cargo de Especialista em Recursos Hídricos na Associação Pró-Gestão das Águas da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul – AGEVAP, atuando na Escola de Projetos da AGEVAP, no acompanhamento da elaboração de Planos Municipais de Saneamento Básico e Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, além do acompanhamento de projetos de saneamento financiados pela AGEVAP no território paulista da bacia hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.

Marcela Felix

Graduada em Ciências Biológicas pela UFG, possui MBA de Gestão de Projetos pela USP, mestranda em Recursos Naturais do Cerrado pela UEG. Concursada na Saneago, trabalha na Estação de Tratamento de Água Meia Ponte. Atua como Auditora Interna da Qualidade na Saneago desde 2015 das normas ISO 9001:2008, ISO 9001:2015 e ISO 17025:2005. Participou da elaboração do Guia PNQS (Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento), em 2017 como colaboradora do CNQA (Comitê Nacional da Qualidade). Possui curso e atua como examinadora do PNQS desde 2018.

Maria Cristina Santana Pereira

Maria Cristina Santana Pereira Engenharia Ambiental e Mestra pela EPUSP. Sua tese intitulada “Relação entre eficiência e custo de reservatórios e pavimentos permeáveis na bacia do rio Pirajuçara” estabeleceu uma análise comparativa entre sistemas de drenagem urbana tradicionais e sustentáveis. No mesmo período, trabalhou como pesquisadora na Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica. Atualmente faz doutorado na USP, testa o potencial de redução da poluição difusa da água da chuva e rios urbanos por sistemas de biorretenção.

Miguel Fernandez

Engenheiro Civil e Mestre em Engenharia Urbana pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente é engenheiro civil hidráulico da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e Professor do curso de Engenharia Civil do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Recursos Hídricos e Saneamento. Atual presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, seção Rio de Janeiro (ABES-Rio)

Renata Oliveira

Engenharia Química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS). Doutoranda em Engenharia Química na UFRGS. Professora no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra/Canoas) e diretora na R&B Soluções Ambientais Ltda. Atua nas áreas de projeto e operação de ETEs, gestão de resíduos, planejamento e gestão ambiental na indústria. 

Renato Beregula

Engenheiro Sanitário e Ambiental e Mestre em Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Atualmente é professor titular da UFMT. Tem experiência na área de Engenharia Sanitária, principalmente nos temas: Algoritmo, Calibração, Modelo Hidráulico, Simulação, SIG e Coleta de dados.

Taicia Marques

Professora Associada no Departamento de Ordenamento Territorial e Construção da Faculdade de Engenharia Agrícola – Universidade Nacional Agrária La Molina- Peru. É Arquiteta Urbanista com mestrado em Arquitetura da Paisagem e Planejamento pela Wageningen University, Holanda e atualmente desenvolve um doutorado na FAU-USP com ênfase na aplicação da Infraestrutura Verde para a drenagem urbana e como promotora de múltiplos Serviços Ecossistêmicos.

Thais Araújo Goya Peduto

Mestranda no Programa de Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Federal do ABC (UFABC). Graduada em Hidráulica e Saneamento Ambiental pela Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (FATEC – SP). Atua no desenvolvimento de projetos hidráulicos prediais na PROTEC – Engenharia e Meio Ambiente, e como pesquisadora em estudos hidráulicos na AGESAN – Ambiental, Geotecnia e Saneamento. Tem experiência na área de Engenharia Hidráulica e Sanitária atuando principalmente nos seguintes temas: instalações hidráulicas, ecotoxicologia e recursos hídrico