ABES marca presença no Silubesa, em Portugal

O 18º Silubesa – Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, evento que ocorreu na cidade do Porto, em Portugal, entre os dias 10 e 12 de outubro, abriu na quarta-feira (10) com participação do vice-presidente nacional da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, Carlos Alberto Rosito, que representou o presidente Roberval Tavares de Souza. Além de Rosito, marcaram também presença na abertura do evento diversos associados da entidade, como Mário Guerino, da ABES Seção Goiás (ABES-GO) e diretor nacional para a Região Centro-Oeste, Rainier Pedraça, presidente da ABES Seção Amazonas (ABES-AM) e coordenador da Câmara Temática de Saúde Ambiental, e Claudia Coutinho, da ABES Seção Pernambuco (ABES-PB).

O Silubesa foi realizado juntamente com o 18.º Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental (ENASB), promovidos pela ABES em parceria com a Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB) e a Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH).

Rosito participou da sessão na abertura do Silubesa falando sobre “O Papel da Engenharia Sanitária no Desenvolvimento Sustentável”, tema especial desta edição. Na oportunidade, ele também convidou o público para a Rio Water Week, evento internacional que a ABES promoverá de 26 a 28 de novembro no Rio de Janeiro, e para o 19º Silubesa, que será realizado em Recife, Pernambuco, em março de 2020.

“Foi um sucesso! 401 participantes, dos quais 137 são do Brasil. Assisti a algumas participações desses brasileiros brilhantes”, comemora Rosito. “É realmente uma satisfação para nós, da ABES, junto com a APESB e a APRH, realizar a 19ª edição do Silubesa”, destaca. “Porto nos acolhe com tempo muito ameno e agradável e com a tradicional, calorosa e generosa qualidade dos portugueses”.

Já o presidente da ABES-AM, Rainier Pedraça, apresentou o trabalho técnico com o tema “O aguadeiro de Boca do Acre no Estado do Amazonas: o ressurgimento de um personagem esquecido na história do Saneamento do Brasil.”
Trabalho brasileiro em destaque
Um dos trabalhos técnicos que se destacou no 18º Silubesa foi brasileiro e foi apresentado pelo professor da Fatec/RJ, Júlio César de Oliveira Antunes, que trabalha na CEDAE. O pôster que expliquei é um trabalho de monitoramento ambiental desenvolvido pelos departamentos de engenharia mecânica, eletrônica e ambiental do Cefet/RJ”, conta ele, que é um dos autores do trabalho intitulado “Monitoramento Ambiental Remoto com o Hardware Arduíno para Análise do Padrão de Qualidade da Água”, cuja apresentação aconteceu no âmbito do “Tema V – Gestão e Sustentabilidade das Entidades Públicas”. Os outros autores são: Alexandre Silva de Lima, Maria Cristina José Soares, Maria José Paes Santos, Juliane Pereira Zago, Luiz Guilherme Santos de Lima e Yuri Nascimento da Silva.

Serviço:

18º Silubesa – Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental e 18º Encontro de Engenharia Sanitária e Ambiental (ENASB)

Quando: de 10 a 12 de outubro

Onde: Fundação Dr. Antonio Cupertino Miranda – Porto Portugal

Realização: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental (APESB) e Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH)

Para mais informações, acesse aqui.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: