Últimas Notícias

Livro sobre os riscos dos resíduos de serviços de saúde será lançado no 14º Seminário Nacional de Resíduos Sólidos

Obra será divulgada no dia 18 de março, das 12h às 12h20, via plataforma virtual do evento.

Por Murillo Campos 

Durante o 14º Seminário Nacional de Resíduos Sólidos|I Painel Internacional de Resíduos, acontecerá o lançamento do livro “Um olhar sobre a coleta de resíduos de serviços de saúde e os riscos de infecção pelas hepatites B e C associados”, de Marcos Paulo Gomes Mol, doutor e mestre em Saneamento e Meio Ambiente pela Universidade Federal de Minas Gerais. A obra será divulgada no dia 18 de março, das 12h às 12h20, via plataforma virtual do seminário. As inscrições podem ser feitas aqui. 

A publicação trata sobre os perigos biológicos, químicos e físicos à saúde dos trabalhadores envolvidos com a coleta, transporte e armazenamento de resíduos de serviços de saúde (RSS), que devido às suas características, são potenciais fontes de disseminação de agentes etiológicos.

Deste modo, o trabalho avalia o risco de infecção pelos vírus das hepatites B e C inerente à atividade de manuseio de RSS, se comparado ao manuseio de resíduos sólidos domiciliares, bem como a percepção dos trabalhadores sobre a rotina de coleta e seus riscos.

A metodologia abrangeu revisão da literatura, meta-análise, estudo epidemiológico transversal e entrevistas com grupos focais. O estudo transversal foi composto por 522 trabalhadores, sendo 461 indivíduos expostos a resíduos sólidos domiciliares e 61 expostos a resíduos de serviços de saúde, entre novembro de 2014 e janeiro de 2015.

Também foram realizados seis grupos focais com trabalhadores em atividades de coleta de resíduos sólidos. Foram encontradas similaridades em relação à prevalência da hepatite B entre os dois grupos, e um resultado marginalmente superior, embora não significativo, da prevalência da hepatite C nos expostos a RSS em relação aos expostos a resíduos sólidos domiciliares.

Os trabalhadores associam a ocorrência de doenças à atividade que desempenham, entendem que o trabalho oferece riscos e consideram acidente apenas os eventos que os afastam do trabalho, desconsiderando, na maioria das vezes, os cortes provocados por materiais perfurocortantes.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: