Últimas Notícias

“É um marco importante para o JPS”, diz presidente da ABES-RS sobre primeira edição da revista Afluente

“A ABES vê no jovem o profissional do futuro e contamos com iniciativas deste tipo. E nós, da ABES-RS, entendemos que este é um marco muito importante para as atividades do JPS”.

A declaração é do presidente da ABES Seção Rio Grande do Sul, após o lançamento da primeira edição da revista Afluente, promovido ABES-RS e pelo Programa Jovens Profissionais do Saneamento – JPS da seção gaúcha da entidade, nesta segunda-feira, 3 de abril. O JPS-RS é coordenado pelas jovens Carmynie Xavier e Fernanda Balestro.

O evento ocorreu no Auditório da Corsan, em Porto Alegre/RS e contou com a presença do presidente nacional da ABES, Roberval Tavares de Souza, da diretora nacional Maria Lucia Coelho, do presidente Alexandre Bugin e diretores da ABES-RS, da Corsan (diretor administrativo) e do Senge (Sindicato dos Engenheiros), parceiros da iniciativa.

O lançamento foi realizado dentro do Ciclo de Palestras – Desafios do Saneamento Ambiental, com palestra do presidente nacional (leia mais aqui), promovido pela diretoria nacional em parceria com a seção.

Segundo as coordenadoras do JPS, a revista é voltada tanto para os integrantes do JPS como para jovens profissionais da área de saneamento que não fazem parte do programa, a publicação digital será semestral e contará com estudos científicos relacionados ao meio ambiente (leia mais aqui).

“A ideia é facilitar as publicações, disseminar trabalhos, conteúdos inovadores da área de meio ambiente e saneamento ambiental”, diz Carmyne Xavier. “Sem a intenção de concorrer com revistas científicas nem com os editoriais que a própria ABES desenvolve.  “É ser um meio alternativo de divulgação de trabalhos, aqueles que estão guardados. Por que não mostrar para a sociedade todas essas ferramentas de conteúdo prático e teórico da sala de aula, por exemplo? Esta é uma importante ferramenta de network para todos os membros do JPS porque ela vai circular principalmente dentro do setor de saneamento”, frisa Fernanda Balestro e Carmyne completa com outro aspecto importante da publicação: “ instigar o próprio pessoal que trabalha com saneamento a escrever sobre experiencias, mostrar inovações, expectativas relacionadas ao meio ambiente, prognósticos e perspectivas.”

Para Alexandre Bugin, foi muito importante a iniciativa do JPS de fazer a proposta, desenvolver e implementar essa revista Afluente. “Nós, da ABES-RS, estamos muito felizes pelo início e lançamento dessa primeira edição. É uma revista que pretende atingir o jovem profissional, oportunizando-o para que ele mostre os seus trabalhos”, ressalta.

De acordo com ele, a importância da publicação também está em seu alcance. “A ideia é que a revista seja para todos os profissionais do setor de saneamento, para que eles possam visualizar trabalhos, iniciativas e projetos”, explica. “Entendemos que esses novos canais e formas de comunicação vão fazer com que se divulgue todo esse trabalho que estão iniciando e estimule o profissional da nova geração. Que veja a evolução do saneamento em termos melhoria de qualidade de vida”, complementa.

“Uma importante inciativa da coordenação do JPS-RS, que lança esta revista com objetivo de divulgar monografias e trabalhos dos jovens, uma forma de divulgar experiências e incentivar associados da ABES”, enfatiza a diretora da entidade, Maria Lucia Coelho. “O primeiro número convidou associados para escrever sobre seus trabalhos e conversar com professores das respectivas áreas. A revista agora terá um edital para monografias e trabalhos e no final do ano, premiará as melhores monografias.

O lançamento teve presença de representantes da Corsan e do Senge, os dois são apoiadores da iniciativa e se mostram dispostos a manter a parceria.”

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: