Últimas Notícias

Seminário de Perdas em Curitiba: entrevista com o palestrante Ricardo Popov

A partir desta segunda-feira, 31 de julho, a ABES – Diretoria Nacional, em parceria com a ABES Seção Paraná, promoverá o IV Seminário de Gestão e Controle de Perdas de Água. O encontro, que acontecerá até 2 de agosto em Curitiba/PR, terá como tema central “Água e energia no saneamento: práticas para a redução de desperdício” (saiba mais aqui).

O engenheiro Ricardo Popov, da Suez, palestrará no painel sobre automação e controle na gestão de perdas, discorrendo acerca de sistema de monitoramento focado na gestão de perdas.   Leia a seguir a entrevista com o especialista:

ABES Notícias – Qual a importância do evento e como a discussão sobre o tema pode contribuir para a redução de desperdício de água no Brasil?

Ricardo Popov – O evento é um veículo fundamental para propagação e reflexão sobre um tema de suma importância atualmente. Através dele é possível identificar fragilidades, trocar informações, técnicas, conceitos e novas tecnologias, afim de aprimorar cada vez mais o setor de saneamento básico.

ABES Notícias – Qual é a sua visão sobre a situação do país em relação a perdas de água?

Ricardo Popov – Infelizmente o Brasil é reconhecido como país das desigualdades. No quesito de perdas de água, não é diferente. No país temos companhias de saneamento nos dois extremos, com níveis de perdas baixos e níveis extremamente altos, sendo este ultimo, justamente, nas regiões onde mais carece desse recurso para a população. Resumindo, existe muito ainda o que ser feito.

ABES Notícias – E qual é o papel do Sistema de Monitoramento no cenário da gestão de perdas?

Ricardo Popov – O controle e monitoramento tem papel fundamento na gestão das perdas, pois é através dele que é possível avaliar o cenário real de cada sistemas e direcionar suas ações de maneira ágil e eficiente.

ABES Notícias – A crise de escassez hídrica, que afetou algumas partes do Brasil entre 2014 e 2015, marcou o setor de saneamento no país. Na sua opinião, qual foi a lição que ficou deste acontecimento tanto para os profissionais da área como para a população em geral?

Ricardo Popov – Apesar da crise de escassez hídrica ter sido terrível para boa parte da população, ela trouxe um legado positivo que foi a conscientização da população sobre o desperdício de água, e também, fez com que as companhias de saneamento voltassem suas preocupações para as perdas de água em seus sistemas de abastecimento.

ABES Notícias –  Quais são os maiores desafios, neste contexto?

Ricardo Popov – Os grandes desafios são a falta de investimento, falta de regulação específica e carência de tecnologias para esta finalidade.

ABES Notícias – Poderia comentar, brevemente, o tema da sua palestra “Sistema de Monitoramento focado na Gestão de Perdas?

Ricardo Popov – A palestra apresentará o sistema de monitoramento utilizado pelas empresas do Grupo Suez na Europa, o motivo pelo qual o sistema foi criado e o benefício que ele traz para as concessionárias.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: