Últimas Notícias

Congresso ABES Fenasan 2017: CNQA aborda o Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento e os resultados para as empresas

O painel “O PNQS (Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento) e os resultados para as empresas de saneamento”, realizado em 3 de outubro, primeiro dia de discussões do Congresso ABES Fenasan 2017, apresentou no contexto do cenário do setor de saneamento os benefícios que a adoção do Modelo de Excelência na Gestão (MEG) traz para os operadores dos serviços de saneamento no Brasil e a contribuição das práticas de gestão na melhoria da performance dos operadores. A discussão foi coordenada por Rosana Dias, coordenadora do CNQA – Comitê Nacional da Qualidade ABES.

Paulo Massato, Sabesp

Debateram sobre o tema:

Antonio Tadeu Pagliuso, consultor, ex-superintendente da FNQ – Fundação Nacional da Qualidade, que tratou do MEG – Modelo de Excelência na Gestão e os resultados obtidos pelas empresas que adotam esse modelo;

Maria Angela Dumont, integrante do CNQA, que discorreu sobre os resultados obtidos com a aplicação do Modelo de gestão baseado no PNQS;

Paulo Massato, diretor  Metropolitano da Sabesp (foto), que falou sobre a superação da crise hídrica com o suporte dos modelos de gestão;

Renato Mayer Bueno, gerente geral região Sudoeste da Sanepar, que abordou a contribuição do Modelo de gestão na adequação da Lei das Estatais.

Num contexto de constantes mudanças trazidas pelas novas tecnologias, novo perfil dos clientes e principalmente novas formas de relacionamento, alavancadas pelas ferramentas digitais, torna-se imprescindível que as organizações estejam aptas a mudarem para se manterem competitivas. Neste sentido, os modelos de excelência na gestão surgem como instrumentos de apoio trazendo melhorias na forma de gerir a empresa com reflexo nos resultados.

O consultor Tadeu Pagliuso apresentou como os modelos evoluíram e quais as bases fundamentais de sustentação e aplicação nas empresas. As apresentações do diretor da Sabesp e do gerente geral da Sanepar ilustraram de que forma o emprego do Modelo de Gestão auxiliou as empresas na superação de problemas, como a crise hídrica, e na adaptação provocada pela Lei das Estatais, promovendo a troca de experiência entre os participantes.

A apresentação dos resultados obtidos com os modelos de excelência por Maria Ângela Dumont, somada às experiências relatadas anteriormente, configuraram-se como exemplos que podem ajudar as empresas que ainda não adotam o modelo de excelência na busca desse objetivo com a certeza de que geram resultados efetivos.

Para ver o álbum de fotos do Congresso ABES Fenasan 2017, acesse aqui

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: