Últimas Notícias

JPS-SP: com tese sobre tecnologia e inovação no saneamento, coordenadora do Núcleo Limeira é aprovada em mestrado da Unicamp 

(Da esq. para dir.) Prof. Dr. Fernando Sarti (Instituto de Economia – UNICAMP), Prof. Dr. Oswaldo Gonçalves Junior (Faculdade de Ciências Aplicadas – UNICAMP), Beatriz Couto Ribeiro, Profa. Dra. Adriana Bin (Faculdade de Ciências Aplicadas – UNICAMP) e Profa. Dra. Milena Pavan Serafim (Faculdade de Ciências Aplicadas – UNICAMP).

A coordenadora do Núcleo Limeira do programa Jovens Profissionais do Saneamento – JPS-SP da ABES-SP, Beatriz Couto Ribeiro, teve sua dissertação de mestrado aprovada, nesta terça, 27 de fevereiro, na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) – Unicamp pelo Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (ICHSA) no Campus de Limeira. Com o tema “Tecnologia e Inovação no Saneamento Básico Brasileiro: uma análise das Companhias Estaduais de Saneamento Básico (CESBs) do Brasil”, a pesquisa estudou as estruturas e ações voltadas à produção, introdução e difusão de tecnologias e inovações no setor de saneamento básico brasileiro.

O trabalho foi realizado sob orientação da Profª. Drª. Adriana Bin e co-orientação da Profª Drª Milena Pavan Serafim, ambas docentes da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) – Unicamp. A banca ainda contou com a presença dos professores Prof. Dr. Fernando Sarti do Instituto de Economia (IE) – Unicamp e Prof. Dr. Oswaldo Gonçalves Junior da Faculdade de Ciências Aplicadas – Unicam´p.

A dissertação

Beatriz explica que o estudo dedicou-se a compreender como se dá o processo de inovação no saneamento básico brasileiro. Para isto questionou se o desenvolvimento, incorporação e difusão de tecnologia e inovação no setor de saneamento depende mais da estratégia e das consequentes iniciativas de gestão de tecnologia e inovação no âmbito das organizações do setor, do que dos fatores externos – Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação (PCTI), leis de inovação, fundos setoriais e regulações.

Para responder esta questão, conta ela, o trabalho analisou a dinâmica inovativa do setor e, mais especificamente, das Companhias Estaduais de Saneamento Básico (CESBs) brasileiras, tendo sido 13 (treze) CESBs analisadas.

Ao longo percurso, de acordo com a jovem pesquisadora, foram estudados múltiplos aspectos do setor de saneamento básico que vão desde sua trajetória histórica, suas regulações, seu sistema setorial de inovação e a caracterização da gestão da Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) nas CESBs. “Por meio do levantamento e análise dos aspectos citados, a pesquisa consegue concluir que tanto fatores internos, quanto externos são importantes para promover o desenvolvimento e incorporação de tecnologia e inovação nas CESBs, pois fazem parte de um fenômeno sistêmico maior”, afirma Beatriz.

“A pesquisa contribui tanto para as reflexões acadêmicas nos estudos de ciência, tecnologia e inovação quanto, em termos práticos, ao fornecimento de direcionamentos mais embasados e apoiados em evidências científicas que possam colaborar com as ações do poder público e concessionárias de saneamento básico que atuam no setor”, conclui ela.

3 Comentários em JPS-SP: com tese sobre tecnologia e inovação no saneamento, coordenadora do Núcleo Limeira é aprovada em mestrado da Unicamp 

  1. A coisa está feia.As cotas chegaram ás melhores universidades, como unicamp e usp.Então temos estudantes com mentalidades esquerdistas que defendem ideologia de gênero.só que em medicina existem uma série de diferenças biológicas entre os sexos, que diferem em fisiologia e patologia, e que incluem áreas da medicina.Ou seja, ideologia de gênero é uma idéia cientificamente errada , e é ignorância médica.Além de burrice.

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: