Últimas Notícias

JPS-SP promove encontro sobre noções de teoria e prática do EPANET

O programa Jovens Profissionais do Saneamento da ABES-SP (JPS-SP), que é coordenado pelo geógrafo Thomas Ficarelli, promoveu, nos dias 8 e 9 de março, na sede da seção, um evento sobre noções de teoria e prática do EPANET, um dos mais renomados softwares de modelagem de sistemas de abastecimento do mundo. A apresentação foi realizada pelos jovens profissionais Caroline Liberalino, tecnóloga em Hidráulica e Saneamento Ambiental, e Gabriel Roque, químico ambiental e tecnólogo em Hidráulica e Saneamento Ambiental.

Confira, a seguir, o relato da assessora de relações institucionais da coordenação do JPS-SP, Maria Fernanda Garrubo Bentubo, sobre o encontro. Fernanda também explica o que é o EPANET.

O programa Jovens Profissionais do Saneamento da ABES tem como principal objetivo a difusão do conhecimento, e nossos jovens estão cada vez mais capacitados a passar suas experiências de sucesso uns aos outros. O Evento “Noções de Teoria e Prática do Software Epanet” foi realizado em dois dias, sendo no primeiro apresentado os conceitos básicos para projetos de abastecimento de água, levando em consideração traçados de redes, materiais de tubulação, vazões, pressão, diâmetro de tubulações, setorização e zonas de pressão. O segundo dia teve a finalidade prática, realmente exercitar atividades no software EPANET, apresentando suas configurações básicas utilizando imagens georreferenciadas, alguns componentes do sistema, executando simulações e analisando os resultados obtidos.

Com o auxílio da eficiente equipe de T.I da ABES – SP foi possível realizar o evento através de vídeo conferência, incluindo os jovens do JPS Piauí e Mato Grosso. JPS atravessando fronteiras.

EPANET

O EPANET é um programa de computador que permite executar simulações estáticas e dinâmicas do comportamento hidráulico e de qualidade da água em redes de distribuição pressurizada. Uma rede é constituída por tubulações, bombas, válvulas, reservatórios de nível fixo e/ou reservatórios de nível variável. O EPANET permite obter os valores da vazão em cada tubulação, da pressão em cada nó, da altura de água em cada reservatório de nível variável e da concentração de espécies químicas através da rede durante o período de simulação, subdividido em múltiplos intervalos de cálculo. Adicionalmente, além de espécies químicas, o modelo simula o cálculo da idade da água e o rastreio da origem de água em qualquer ponto da rede.

O EPANET foi concebido para ser uma ferramenta de apoio à análise de sistemas de distribuição, melhorando o conhecimento sobre o transporte e o destino dos constituintes da água para consumo humano. Pode ser utilizado em diversas situações onde seja necessário efetuar simulações de sistemas pressurizados de distribuição. O estabelecimento de cenários de projeto (p.ex., expansão de uma rede existente), a calibração de modelos hidráulicos, a análise do decaimento do cloro residual e a avaliação dos consumos são alguns exemplos de aplicação do programa. Bibliografia: Laboratório de Eficiência Energética e Hidráulica

O Epanet pode ser baixado gratuitamente neste link. 

Feedback dos Palestrantes e Participantes

“Primeiramente queria agradecer o convite de podermos realizar a apresentação e dizer que foi muito boa a experiência. Pude aprender com os presentes e tentar passar o máximo de conhecimento no tempo que tivemos. Além disso, ver que as pessoas estavam empenhadas e queriam aprender sobre o programa, nos motivava cada vez mais”, Gabriel Roque.

“Acredito que o evento atendeu as expectativas dos participantes, pois grande parte no final veio até mim e o Gabriel para agradecer. A única coisa que pediram foi um período maior de duração do curso, pois eles gostaram bastante, mas foi bem acelerado para conseguir passar todo o conteúdo. Foi um sucesso no geral”, Caroline Liberalino.

“Agradeço à ABES pela realização e disponibilização do local e demais recursos. Aos palestrantes, meu muito obrigada pela iniciativa, paciência e grande colaboração na transmissão do conhecimento. Realizei este curso com o intuito de me manter atualizada face às ferramentas tecnológicas disponíveis no mercado; e o treinamento, apesar da carga horária reduzida, supriu minhas necessidades, indo além das expectativas. Ótimos instrutores, público interessado em aprender e ambiente organizado, todos merecem PARABÉNS!”, Mariana Traskurkemb, engenheira. 

“Eu achei ótima a iniciativa e as aulas. Mesmo que não tenha dado para aprofundar muito, mas o básico foi bem exposto pelos palestrantes. Só de já termos uma noção de começar algo no Epanet já foi bastante útil. A atenção prestada foi fundamental para o bom andamento, pois sempre temos alguma dificuldade que necessita de mais atenção. Achei super!”, Jonathan Adam, estudante de Hidráulica e Saneamento Ambiental.

“Desde já o JPS-PI agradece demais a oportunidade que tivemos com vocês do JPS-SP, vencendo essa fronteira e trocando conhecimento. Parabéns pela iniciativa e oportunidade que nos forneceram. Nós do JPS-PI estaremos sempre de portas abertas a vocês também”, Leonel Vitorio, integrante do JPS-PI. 

 

 

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: