Últimas Notícias

XIII Seminário Nacional de Resíduos Sólidos da ABES: veja como foi o evento

Foi realizado, entre os dias 27 e 29 de setembro, em Cuiabá, no Mato Grosso, a 13ª edição do Seminário Nacional de Resíduos Sólidos. O seminário foi promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, por meio da Câmara Temática de Resíduos Sólidos e, nesta edição contou com apoio da Associação dos Engenheiros Sanitaristas e Ambientais de Mato Grosso (AESA –MT), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) e do CreaJr-MT. O Seminário aconteceu na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL-MT).

O encontro ocorre a cada dois anos e reúne especialistas de todo o Brasil para interagir, avaliar experiências e conhecer novas tecnologias e procedimentos. O objetivo é discutir a gestão de resíduos sólidos no país, suas dificuldades e perspectivas de futuro, considerando aspectos tecnológicos, sociais e econômicos.

Pela manhã, o público assistiu a Palestra Magna: Política Nacional de Resíduos Sólidos – Obrigação Legal, ministrada pela diretora do Departamento de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos do Ministério do Meio Ambiente, Zilda Maria Faria Veloso. Sua apresentação discutiu temas importantes sobre o avanço necessário ao País no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos.

No primeiro painel do evento foi discutido: Soluções e Técnicas Adotadas com os Resíduos Sólidos no Brasil, coordenada pela presidente da Abes – Seção Rio Grande do Sul (ABES-RS), Jussara Kalil Pires. “Todo resíduo sólido é originado de algum processo produtivo e o destino mais adequado para ele é possível através da sua reciclagem, reintroduzindo-o como matéria-prima em um novo processo”, destacou a presidente aos participantes.

 Já no período da tarde, foi montada uma mesa redonda com a participação de representantes de vários seguimentos, abondando a economia solidária e catadores. A presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), engenheira sanitarista Denise Pontes Duarte, afirmou que o encontro destaca um “olhar” no ponto de econômico e social na questão dos resíduos sólidos, na inserção dos catadores e melhoramento e apoio desses profissionais na gestão dos resíduos sólidos.

“As discussões focam nos aspectos de sustentabilidade e efetividade da gestão dos resíduos sólidos. Estão sendo debatidos temas como a Política Nacional de Resíduos Sólidos, experiências de inclusão de catadores de materiais recicláveis, resíduos agronegócios e biogás, planos de gerenciamento de resíduos sólidos e logística reversa”, disse Jesse Barros, presidente da AESA-MT e que na ocasião representou o presidente Crea-MT, João Pedro Valente, no evento.

Para a coordenadora adjunta do Crea Júnior da Regional Centro Sul, acadêmica do curso de química da UFMT, Vanessa Gomes da Silva, o evento é uma ferramenta para agregar valores, além daquilo que é vivenciado no dia-a-dia da universidade.

O Seminário ainda irá contar com diversos painéis e palestras relativos ao tema principal. Finalizando no sábado, 29 de setembro, os participantes do seminário irão fazer visitas técnicas no Centro do SEBRAE e Sustentabilidade e na Fábrica da Votorantim ambas em Cuiabá.

No segundo dia do encontro, foram discutidos os temas “Gestão Sustentável dos Resíduos Sólidos: Uma Ferramenta de Proteção Climática”, “Plano Municipal de Saneamento Básico – A Experiência de Mato Grosso”, “Logística Reversa”, Alternativas para Aproveitamento de Resíduos”.

No sábado, dia 29, foram realizadas duas Visitas Técnicas realizadas no sábado, dia 29, ao Centro do SEBRAE e Sustentabilidade e à Fábrica da Votorantim – Cuiabá.


Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: