Últimas Notícias

ABES-SP lança guia sobre saneamento ambiental e saúde do catador de material reciclável

Com coordenação da engenheira Roseane Maria Garcia Lopes de Souza, diretora da ABES-SP e coordenadora das Câmaras Técnicas de Saúde Pública e de Resíduos Sólidos da entidade, o livro, que será publicado em versão impressa e digital, conta com nove capítulos assinados por 17 especialistas no tema. Lançamento ocorrerá em 9 de novembro

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES Seção São Paulo (ABES-SP), por meio de sua Câmara Técnica de Resíduos Sólidos – CTRS, lançará, no dia 9 de novembro (sexta-feira), na capital paulista, o Guia “Saneamento Ambiental e Saúde do Catador De Material Reciclável”. O lançamento ocorrerá durante evento das 8h às 12h, no Auditório Augusto Ruschi da Cetesb, em Pinheiros/SP.

Com coordenação da engenheira Roseane Maria Garcia Lopes de Souza, diretora da ABES-SP e coordenadora das Câmaras Técnicas de Saúde Pública e de Resíduos Sólidos da entidade, o “Guia”, que será publicado em versão impressa e digital, conta com nove capítulos assinados por 17 especialistas no tema. O livro tem como objetivo subsidiar na formulação de políticas públicas na área de resíduos sólidos. É direcionado a órgãos públicos, entidades do setor, sociedade civil e profissionais ligados ao saneamento, à saúde e ao meio ambiente.

Origem do Guia 

Tudo começou com a palestra sobre saúde e risco ao catador que a engenheira Roseane realizou na Exopocatador. No debate foram propostas respostas para diminuir os riscos e melhorar a condição de saúde do catador, o que foi aceito, e a ideia do  livro foi lançada. Várias reuniões foram feitas  com o objetivo de pesquisar as questões de segurança, saúde e meio ambiente das cooperativas de catadores de materiais recicláveis no estado de São Paulo.

A partir da constatação da carência de bibliografia acerca do tema , em 2017,  a ABES  convidou vários especialista para juntos fazerem a publicação,  que conta com os seguintes capítulos e autores:

Capítulos

1.      Gestão, Legislações e Competências: o Manejo de Resíduos e o Cooperativismo;

2.      Limpeza Pública e Coleta Seletiva;

3.      Sustentabilidade Econômica na Gestão de Resíduos Sólidos no Brasil: Introdução ao Programa “Pay-As-You-Throw’/Rpd;

4.      Logística Reversa e Cooperativas de Catadoras e Catadores de Materiais Recicláveis;

5.      Cooperativismo;

6.      A Visão dos Catadores de Materiais Recicláveis;

7.      Aspectos Construtivos de Galpão de Triagem;

8.      Riscos à Saúde do Catador de Recicláveis e Medidas Preventivas e Assistência à Saúde;

9.      Sigor – Reciclagem: a Ferramenta da Política Estadual de Resíduos Sólidos para Acompanhamento da Gestão e dos Fluxos dos Resíduos Sólidos Urbanos Recicláveis no Estado de São Paulo

Autores

Ana Luísa Ferreira Pinto (PUC-SP);

Ana Maria Maniero Moreira (FSP-USP);

Ayanne Santos Teixeira (FELSBERG Advogados);

Daniela Ferreira da Mota (FELSBERG Advogados);

Davi Quintanilha Failde de Azevedo (DPESP);

Delaine Guimarães Romano (ABES-SP);

Elizabeti YurikoMuto (FUNDACENTRO);

Fabricio Dorado Soler (FELSBERG Advogados);

Fernando Freitas Fuão (UFRGS);

Gislaine Menezes Batista (DPESP);

Maria Fernanda Romanelli Alegre (SMA-SP);

Marina Balestero dos Santos (SMA-SP);

Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR);

Priscilla Silva Coelho (SESCOOP);

Rodrigo M.C. Oliveira (Ecos da Natureza);

Telma de Cássia dos Santos Nery (ISEE);

Walter de Freitas (ABLP).

 

Tiragem: 500 exemplares

Distribuição: Gratuita

Seções: Ensino, Pesquisa e Gestão

Meio de Publicação: Impressa e digital

Serviço:

O quê: lançamento do livro “Saneamento Ambiental e Saúde do Catador de Material Reciclável”

Quando: dia 9 de novembro, sexta-feira, das 8h às 12h

Onde: Auditório da Cetesb, Av. Prof. Frederico Hermann Jr., 345 – Pinheiros – São Paulo/SP

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.