Últimas Notícias

ABES-ES realiza curso sobre utilização de fontes alternativas de água em edifícios e as novas normas da ABNT

Curso integrou profissionais e estudantes da área de engenharia, arquitetura e meio ambiente e contou com visitas técnicas

A ABES Seção Espírito Santo (ABES-ES) promoveu, entre os dias 24 e 26 de abril, o curso “Utilização de fontes de fontes alternativas de água em edifícios e as novas normas da ABNT”. Realizado no auditório do Crea-ES, o curso teve como objetivo apresentar as duas futuras normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) de conservação de águas em edifícios novos e existentes.

Abordou também a possibilidade de combinação de ações para a gestão da demanda e para a gestão de oferta, conforme viabilidade técnica e econômica caso a caso. E por fim, detalhou as recomendações para caracterização, dimensionamento, uso, operação e manutenção de sistemas de fontes alternativas de água não potável em edificações, além de contar com visitas técnicas para melhor assimilação dos participantes.

Professor Titular do Departamento de Engenharia Ambiental da UFES, Ricardo Franci, conduziu a parte teórica do curso.

O curso foi ministrado pelo professor Ricardo Franci, reconhecido no estado pelo domínio sobre o tema. Engenheiro civil (UERJ – 1984), com atuação específica nos setores de saneamento ambiental e de desenvolvimento científico e tecnológico.

Érica Rebouças, atual coordenadora do JPS (Programa Jovens Profissionais do Saneamento) participou da atividade. Ela apresentou o JPS, expondo suas ações e atividades, e destacou as expectativas para o workshop do JPS e para a participação do programa no II Seminário Nacional de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental, que será promovido em outubro pela ABES-ES, além de convidar os participantes a integrar o programa. “A ABES está sempre precisando de mais força, para que essas discussões que a gente tem aqui de sustentabilidade e tangíveis em saneamento e meio ambiente, fiquem mais fortes em todas as instituições”, concluiu.

Ana Bárbara Pascini, presidente da Assemae (Associação Nacional de Serviços Municipais de Saneamento) também esteve presente e reafirmou a necessidade do curso, por se tratar de um tema super pertinente. “A água é um recurso cada vez mais raro e caro, então reutilizá-lo beneficia o meio ambiente e a economia, tanto do usuário quanto das indústrias e governo. Além disso, temas como esse precisam ser mais difundidos e o professor é excelente”, declara.

Visitas Técnicas

A primeira visita foi ao prédio da Sede da Petrobrás em Vitória, os participantes foram instruídos por profissionais da própria empresa, que explicaram todo o processo de otimização da utilização da água e funcionamento da reutilização do recurso. Enquanto a segunda visita técnica foi realizada na Estação de Tratamento de Águas Cinzas (ETAC) do Sicoob, em Santa Lúcia, onde os envolvidos puderam acompanhar o processo de tratamento e armazenamento das águas a serem reutilizadas.

Visita ao prédio da Petrobrás
Visita à ETAC do Sicoob

 Fonte: ABES-ES

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: