Últimas Notícias

ABES Conecta: pesquisadores explicam projeto de monitoramento do coronavírus em esgoto

Estudo coleta amostras de esgoto em Belo Horizonte/MG e permite identificar dinâmica da circulação do vírus a fim de apoiar medidas de combate à doença

Por Murillo Campos

Pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto (INCT ETEs Sustentáveis/UFMG) apresentaram detalhes do projeto-piloto “Monitoramento COVID Esgotos”, em evento online promovido pela ABES Seção Minas Gerais, na última sexta-feira, 26 de junho. O webinar teve a apresentação de Rogério Siqueira, presidente da ABES-MG. Assista na íntegra aqui

O estudo apresentado coleta amostras de esgoto em diferentes pontos do sistema de esgotamento sanitário das cidades de Belo Horizonte e Contagem, em Minas Gerais.  O objetivo é identificar tendências e alterações na ocorrência do vírus nas diferentes regiões a fim de entender a prevalência e a dinâmica de circulação do coronavírus. Os últimos resultados estimam que o número de pessoas infectadas pode ser maior que os casos confirmados pelas prefeituras.

“Há uma coincidência grande com a abertura do comércio. Identificamos um incremento (estimativa de infectados) de 10 vezes em semanas anteriores e, neste último período, um aumento de 20 vezes. Imagino que este resultado possa ter apoiado a decisão de lockdown do prefeito de BH”, disse o professor Carlos Chernicharo, coordenador do INCT ETEs Sustentáveis.

Outro ponto importante do trabalho é a utilização de dados da pesquisa como subsídio para tomada de decisões de gestores, além da prevenção de novos surtos, por exemplo.  

“Essa vigilância epidemiológica baseada no esgoto para diversos vírus é extremamente importante”, comentou Juliana Calábria, coordenadora do projeto-piloto. “O Sars-CoV-2 é o assunto do momento, mas ele entrou para ficar e terá que ser sempre monitorado”.

O estudo “Monitoramento COVID Esgotos” terá duração inicial de dez meses e é realizado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgoto (INCT ETEs Sustentáveis/UFMG).

A ação conta ainda com a parceria com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

ABES Conecta:

Mais um produto de sucesso da associação, o programa ABES Conecta, que disponibiliza conteúdo qualificado em webinares gratuitos e cursos pagos sobre os temas mais relevantes do setor de saneamento e meio ambiente, já conta com mais de 50 mil visualizações em suas transmissões online.

Clique aqui para conhecer nossas Câmaras Temáticas. Ainda não é um associado da ABES? Clique aqui e junte-se a nós! 

As opiniões emitidas neste evento não exprimem, necessariamente, a visão da ABES

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: