Últimas Notícias

ABES Conecta: webinar debate a gestão de resíduos no Estado de Sergipe

Evento online com especialistas no tema foi promovido nesta quarta (22) pela seção sergipana da ABES

Por Clara Zaim

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES Seção Sergipe (ABES-SE) promoveu nesta quarta, 22 de julho, em seu programa ABES Conecta, um debate online sobre cenários e perspectivas da gestão de resíduos no Estado de Sergipe

Com moderação de Kelma Maria Nobre Vitorino, presidente da ABES-SE, encontro teve como convidados Daniel Valli Sanchez, engenheiro da ESTRE, Luciana Rodrigues de Morais e Silva, professora universitária da Universidade Tiradentes, Evanilson Santana Rodrigues, superintendente do Consórcio Público do Agreste Central Sergipano e Evaldino Andrade Calanzans, superintendente do Consórcio Público de Saneamento da Grande Aracaju.

Daniel Sanchez, apresentou a empresa ESTRE, que atua com destaque no gerenciamento de resíduos sólidos e possui 11 aterros sanitários nos estados de Alagoas, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. O Gerente Regional de Operações apresentou um estudo da ESTRE que mostra que cerca de 22 municípios atendidos pela companhia tem quase 70% dos resíduos do estado de Sergipe destinado adequadamente. Para ele, os principais desafios sobre o tema são custos, aterro, logística, orçamentos, contingência/inadimplência e taxas.

Luciana Rodrigues de Morais e Silva afirmou que um dos pontos que mais devem ser trabalhados é a conscientização da população e a percepção ambiental. A professora afirmou que uma solução que poderia ser trabalhada é a inserção das cooperativas de coletas seletivas, que além de contribuir para a questão ambiental, ajudaria também na questão social com a contratação de catadores. Segundo ela, muitos passam por dificuldades trabalhando por conta própria ou são moradores de rua.

Evanilson Santana Rodrigues explicou sobre o trabalho desenvolvido no Consórcio Público do Agreste Central Sergipano. A entidade abrange 20 municípios e população de 310.000 habitantes que gera 180 toneladas de resíduos/dia. Apenas 6 desses municípios destinam os resíduos corretamente. A entidade possui galpões e já trabalha com 6 cooperativas formalizadas e pretende aumentar esse número, mas encontra muitas dificuldades por causa da legislação. Outro destaque apontado pelo superintendente é que o Consórcio obteve emendas orçamentárias para a construção de unidade de transbordo para atender 14 municípios.

Evaldino Andrade Calazans reiterou que o estado de Sergipe foi regionalizado em 4 territórios, formando em cada um deles o seu consórcio. O superintendente do Consórcio Público de Saneamento da Grande Aracaju explicou que a entidade trabalha principalmente na questão de plano intermunicipal de resíduos sólidos, vem buscando apoio das entidades públicas e órgãos governamentais e conseguiu erradicar 100% dos lixões em Aracaju, em 2018. Clique aqui para assistir ao webinar.

Sorteio

Ao final do webinar, foi realizado o sorteio de mais duas bolsas de estudo entre associados da ABES para o Curso Livre de Capacitação em Saneamento Ambiental, promovido em parceria entre associação e Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). 

Ao todo, serão 30 bolsas disponibilizadas nos eventos do ABES Conecta. Confira a programação completa e já se inscreva para participar. 

A ABES e a FESPSP promovem o MBA Saneamento Ambiental (veja mais aqui)

ABES Conecta

Mais um produto de sucesso da associação, o programa ABES Conecta disponibiliza conteúdo qualificado em webinares gratuitos e cursos pagos sobre os temas mais relevantes do setor de saneamento e meio ambiente e já conta com mais de 60 mil visualizações em suas transmissões online.

Ainda não é um associado da ABES? Clique aqui e junte-se a nós! 

As opiniões emitidas neste evento não exprimem, necessariamente, a visão da ABES.

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: