Últimas Notícias

Sessão Especial da Brazil Water Week aborda governança ambiental, social e corporativa

Com o tema ESG, Liderança Sustentável e Estratégias Integradas: os 2 lados da mesma moeda, profissionais alertam para o uso sustentável dos recursos naturais do planeta

Por Rhayana Araújo

Nos últimos anos, três letras estão mudando a dinâmica do mercado: ESG, que traduzido do inglês, significa Governança Ambiental, Social e Corporativa. E foi este o assunto central da sessão especial da Brazil Water Week realizada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES na tarde desta terça-feira, 20 de outubro.

A sessão integra o tema 7 – Comunicação, TI e Engajamento e tem como tema: “ESG, Liderança Sustentável e Estratégias Integradas: os 2 lados da mesma moeda”.  O debate contou com a moderação de Joper Padrão, diretor nacional da ABES, e coordenação de Ana Paula Rogers, coordenadora do Tema 7 da BWW.

O encontro contou com a participação de: Ricardo Assumpção, fundador da Grape Global-ECO; Ione Anderson, diretora de Política, Parcerias e Comunicações da Inter-American Institute for Global Change Research; Eniale Maion, diretora executiva DIAa Supermercados e UniversiDIA; e Karine Bueno, Head de Sustentabilidade Santander Brasil e Conselheira do Pacto Global.

Joper Padrão trouxe um ponto importante para o debate, que é a necessidade de o ser humano ser enxergado como parte integrante da natureza. “Precisamos compreender o ser humano não como dominador de tudo, mas como parte integrante da natureza igual a água, igual as pedras, igual as árvores. Enfim, igual a tudo o que compõe o planeta terra”, ressaltou.

Ricardo Assumpção iniciou sua explanação afirmando que cada vez mais o cuidado com o planeta é um tema de grande importância e trazer a sustentabilidade para a empresa como algo estratégico possibilita um grande catalizador de inovação. Assumpção também falou sobre a economia circular, que é a lógica de produzir, fazer o uso do produto e, depois, a reciclagem para usar o material novamente. E ele reforça que é necessário falar sobre economia circular e a água, pois “a água é paradoxo muito grande, é o recurso que mais temos no planeta, mas também é o recurso que mais temos o risco de ficarmos sem, se não cuidarmos”, disse.

Ione Andersonfocou na importância da ciência para a sociedade e trouxe para o debate três pontos que, para ela, são essenciais neste assunto: 1) a importância de educação e comunicação para melhorar o diálogo entre ciência, setor empresarial e sociedade; 2) a importância da transdisciplinaridade e a colaboração dentro da ciência; e 3) buscar entender e explicar como as métricas da ESG se relacionam  com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. 

“É necessário levar em consideração a interligação de vários fatores quando tratamos de um determinado assunto. Quando falamos sobre a água, falamos também do impacto no meio ambiente, na saúde e tantos outros setores. A ciência está em um pilar a parte e existe um desafio que é a tradução da ciência para os governos e também para a população em geral”, afirmou Ione.

Eniale Maion trouxe as iniciativas empresariais do DIAa Supermercados e UniversiDIA em relação à ESG. Uma das inciativas é o apoio à Van Solidária (também apoiada pela ABES), que faz doações de cestas básicas a famílias vulneráveis em São Paulo, durante a pandemia de covid-19. Eniale explicou também a interligação entre os cursos técnicos da UniversiDIA e a rede de supermercados, onde os alunos terão treinamentos presenciais (após a pandemia), dentro do próprio supermercado. “Nosso objetivo é transformação social com foco no varejo. É capacitar jovens de localidades mais afastadas, possibilitando que muitos deles tenham trabalho imediato após as formações”, explicou.

Por fim, Karine Bueno,afirmou queo tema da água ganha cada vez mais importância no trabalho diário do setor financeiro, por ter impacto em várias dimensões: ambiental, saúde, econômica e social. “O tema de água conecta a sociedade em muitas dimensões e a pandemia reforçou ainda mais como que o não acesso à água nos diferencia em termos de condições de saúde, de acesso a medidas básicas de higiene”, disse Karine.

O conteúdo pode ser acessado gratuitamente, na íntegra: versão em português e English version.

Sessões especiais

Promovida pela ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental realizará, ao todo, noves sessões especiais que antecedem a Brazil Water Week. As sessões são online, abertas ao público e gratuitas, abordando diversos assuntos ligados à universalização dos serviços de saneamento no Brasil.

O próximo encontro será nesta quarta-feira, 21, das 14h às 16h, e terá como tema “Modelo de Isle TAG para apoiar concessionárias de água e saneamento na adoção de tecnologias inovadoras” (Sessão BID). Clique aqui, confira a programação completa e faça já sua inscrição. 

Brazil Water Week

Durante uma semana, de 26 a 30 de outubro, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES promoverá em plataforma digital a Brazil Water Week (Semana da Água no Brasil), o mais importante evento internacional sobre água realizado no Brasil.

Durante os cinco dias de transmissão online, convidados de países da Europa, América, África e Ásia estarão reunidos para discutir a água em seus diversos aspectos e apresentar experiências, com foco no ODS 6 da ONU: Água e Esgoto para todos até 2030.

Ao todo, serão 26 sessões, divididas em 8 temas principais, mais de 50 horas de conteúdo online e mais de 100 palestrantes. As inscrições para o evento podem ser feitas neste link.

O evento conta com o patrocínio de Sabesp, Miya, ANA, Suez, Aegea, Cedae e Iguá Saneamento.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: