Últimas Notícias

Brazil Water Week: nível econômico de perdas de água é tema de uma das sessões do evento

Encontro reuniu especialistas e debateu as vantagens e limitações técnicas do modelo do nível econômico de perdas de água

Nesta segunda-feira, 26 de outubro, foi realizada a sessão “Nível econômico de perdas de água”, atrelada ao Tema 3  Gestão Eficiente da Brazil Water Week (Semana da Água do Brasil), o mais importante evento internacional sobre água realizado no Brasil, promovido pela ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental. O encontrou reuniu especialistas e debateu as vantagens e limitações técnicas do modelo do nível econômico de perdas de água.

Participaram da discussão Alan Wyatt, autor do modelo Econômico de Perdas em 2010 e consultor de Gestão de Abastecimento de Água; Marcelo Depexe, engenheiro na Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar; Luiz Antonio de Oliveira, gerente de Análise Tarifária na ARSESP – Agência Reguladora de Saneamento e Energia do estado de São Paulo; Eric Cerqueira, superintendente de Desenvolvimento Operacional da Sabesp; e Valter de Souza, gerente da Unidade de Serviço de Hidrometria na Copasa.

“A BWW é uma excelente oportunidade para intercâmbio e atualização de informações sobre água e saneamento”, destacou o moderador do debate Sérgio Ayrimoraes, superintendente de Planejamento de Recursos Hídricos da ANA – Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico. Ele reforçou ainda a importância da discussão em meio às mudanças no setor de saneamento no País.

“A política de saneamento básico no Brasil preconiza a eficiência e sustentabilidade econômica dos serviços e determina a inclusão de metas progressivas e graduais de eficiência e de uso racional da água nos contratos dos prestadores. O recém-aprovado marco legal do saneamento também dá ênfase à eficiência e ao controle de perdas de água, tema presente nas futuras normas de referência a serem estabelecidas pela ANA. Portanto, além da questão técnica, a sessão 3.3 sobre nível econômica das perdas de água trouxe um debate bastante oportuno e atual”, disse Ayrimoraes.

Ao longo da semana, especialistas de mais de 15 países se reunirão na plataforma da Brazil Water Week para discutir a água em sua concepção mais ampla, abordando desafios, políticas públicas e soluções e tecnologias existentes no Brasil e em todo o mundo, com foco no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6 da ONU: Água e Esgoto para todos até 2030.

Ao todo, serão 30 sessões, divididas em 8 temas principais, mais de 50 horas de conteúdo online e mais de 120 especialistas envolvidos no evento. Confira a programação geral do evento aqui.

Por equipe de Comunicação ABES/BWW

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: