Últimas Notícias

‘Brasil, te quero livre de lixão’: Ministério Público do Estado do Acre apoia iniciativa da ABES

Anúncio da adesão foi feito durante reunião online realizada nesta terça (29) com representantes da ABES e do MPAC, por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural e Habitação e Urbanismo.

Nesta terça-feira, 29 de junho, representantes da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES e do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural e Habitação e Urbanismo (Caop/Maphu), reuniram-se virtualmente para falar sobre a campanha “Brasil, te quero livre de lixão”.

Na ocasião, a procuradora de Justiça e coordenadora do Caop/Maphu, Rita de Cássia Nogueira Lima, anunciou a adesão do Ministério Público à campanha e falou sobre os avanços no Acre com o projeto Cidades Saneadas, criado em 2014, que também busca a erradicação dos lixões e conta com um sistema de acompanhamento das medidas mitigadoras objetivando a fase de transição para aterros controlados.

Lançada no dia 14 de junho, a iniciativa é uma realização das Câmaras Temáticas de Resíduos Sólidos e de Comunicação no Saneamento da ABES e visa aperfeiçoar a gestão dos resíduos sólidos no Brasil e a consequente melhoria do setor de saneamento básico dos municípios. A ação pretende, igualmente, mobilizar a sociedade sobre os riscos da gestão inadequada dos resíduos sólidos e desencadear um processo firme de erradicação dos lixões ainda existentes no país.

A coordenadora da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da ABES e diretora da ABES-SP, Roseane Garcia, destacou que a campanha foi motivada pela grave situação provocada pelos lixões existentes no Brasil, com presença de catadores e contaminação da água e do solo. Com relação aos catadores, a proposta é que eles sejam incluídos em programas sociais e incorporados a trabalhos de coleta seletiva e manejo dos materiais recicláveis como prestadores de serviços públicos.

Leia mais aqui.

Veja como você pode divulgar a campanha nas redes sociais
Para se engajar na campanha e divulgá-la em suas redes sociais é simples: basta acessar este link e subir uma foto sua como mostra a orientação. Aí é só salvar esta foto subir nos seus perfis nas redes. Assim você estimula seus amigos a apoiar a campanha.

 

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: