Últimas Notícias

Segunda sessão especial rumo ao Congresso da ABES aborda o modelo NEP – Nível Econômico de Perdas

Especialistas discorreram sobre aspectos técnicos e práticos para obtenção do NEP. Debate integra as atividades de aquecimento para o mais importante evento de saneamento e meio ambiente da América Latina, que ocorrerá de 17 a 20 de outubro, de forma presencial, em Curitiba/PR, e também online, em plataforma digital exclusiva. 

Por Equipe de Comunicação ABES

Especialistas debatem tema que integra as atividades de aquecimento para o 31° Congresso da ABES que será realizado de 17 a 20 de outubro, de forma presencial, em Curitiba/PR, e também online, em plataforma digital exclusiva. 

Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES realizou na tarde desta quinta-feira, 23 de setembro, por meio do programa ABES Conecta, o segundo webinar de aquecimento para o Congresso da ABES 2021A sessão especial reuniu especialistas para discutir os aspectos técnicos e práticos para obtenção do modelo NEP – Nível Econômico de Perdas. 

O webinar foi coordenado por Ricardo Röver Machado, coordenador da Câmara Temática de Gestão de Perdas e Eficiência Energética – ABES, e teve como moderador Jairo Tardelli Filho, engenheiro civil e consultor. As palestras foram realizadas por Marcelo Depexe, engenheiro civil na gerencia da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar); Eric Carozzi, superintendente de Desenvolvimento Operacional da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp); e Fernando Finger, assessor técnico do projeto ProEESA 2. 

Marcelo comentou sobre o conceito original no modelo do NEP, de Alan Wyatt, e o que precisa ser feito para diminuir as perdas. Fernando falou sobre a iniciativa do ProEESA2  (Projeto de Eficiência Energética no Abastecimento de Água), a adaptação e modelagem feita com base no modelo original de Alan Wyatt para ser usado nacionalmente. Eric Carozzi abordou as duas aplicações de modelo para determinação do NEP, a aplicação do modelo original de Alan Wyatt e a aplicação pela Arsesp (Agência Reguladora dos Serviços Públicos do estado de São Paulo) do modelo NEP adaptado no ProEESA, a partir do modelo de Wyatt para o ciclo 2021-2024 da Sabesp. 

 

Os palestrantes destacaram a importância de possuir indicadores com informações de qualidade e de analisar separadamente os níveis de perdas reais e de perdas aparentes. Para rever ou assistir a discussão, acesse aqui. 

Este é mais um evento de aquecimento para o 31º Congresso da ABES, o mais importante encontro de saneamento ambiental do Brasil, que será realizado de 17 a 20 de outubro, de forma presencial, em Curitiba/PR, e também online, em plataforma digital exclusiva.  

As opiniões emitidas neste evento não exprimem, necessariamente, a visão da ABES. 

Próximas Sessões Especiais:  

No dia 28 de setembro, próxima terça-feira, às 15h, será realizada a Sessão 3: “Os desafios do tratamento de esgotos no Brasil: universalização e atendimento a legislação ambiental”. E também na próxima semana, no dia 29, às 14h, será realizada a Sessão 4: “Cidades inteligentes e sustentáveis – I – Cidades globais e os ODS 2030: parcerias e meios de implementação – II – Desafios da implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para promover cidades inteligentes e sustentáveis”. E no dia 30 de setembro, às 15h, a Sessão 5: “Novo Rio Pinheiros – novas tecnologias e soluções adotadas”. Todas as transmissões estão sendo feitas por meio do canal do YouTube da ABES.

ABES Conecta  

O evento faz parte do ABES Conecta, programa da ABES que disponibiliza conteúdo qualificado em webinares gratuitos e cursos pagos sobre os temas mais relevantes do setor de saneamento e meio ambiente. Já são mais de 300 mil visualizações nas transmissões. 

Clique aqui para conhecer nossas Câmaras Temáticas. Ainda não é um associado da ABES? Clique aqui e junte-se a nós! 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: