Últimas Notícias

AIDIS e ABES-SP promoverão nesta sexta, 1º de outubro, o 28º Encontro Técnico de Alto Nível. Inscreva-se!

O presidente da ABES-SP, Luiz Pladevall, marcará presença na abertura do evento, que acontecerá das 14h às 18h. Esta edição traz como tema “Água Segura Para Uma Vida Saudável”.

A Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental – AIDIS e a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental Seção São Paulo (ABES-SP) promoverão nesta sexta-feira, dia 1º de outubro, o 28º Encontro Técnico de Alto Nível.

Com o tema “Água Segura Para Uma Vida Saudável”, o evento acontecerá no formato virtual, das 14h às 18h. Clique aqui para se inscrever.

O presidente da ABES-SP, Luiz Pladevall, é um dos convidados que integrarão a abertura do encontro, que será transmitido pelo canal da Seção no YouTube.

Contexto:

A segurança da água para consumo humano é um fator fundamental na prevenção de doenças de veiculação hídrica e permite associar a ocorrência de doenças à vulnerabilidade do sistema de abastecimento de água para consumo humano, uma vez que um dos principais determinantes da mortalidade infantil, corresponde às pobres condições de higiene, falta de água potável e de má qualidade.

O Quadro de Segurança da Água se apóia em um tripé: legislação adequada, avaliação dos riscos à saúde nos sistemas hídricos desde a bacia até o consumidor e vigilância eficaz da saúde.

Para isso, em 2009 a Organização Mundial da Saúde (OMS) desenvolveu a ferramenta denominada Planos de Segurança da Água (PSA) e posteriormente em 2017 a OMS publicou o documento denominado: “Planos de segurança hídrica resilientes ao clima: gerenciamento de riscos à saúde associados à variabilidade e mudança climática”, cuja tradução seria:“ Planos de segurança hídrica resilientes ao clima (PSA-RC): gestão de riscos à saúde associados à variabilidade e mudanças climáticas”, com esta valiosa metodologia aspiramos a garantir que a Segurança Sanitária do abastecimento de água seja desafiada.

A avaliação e gestão dos riscos para a saúde associados aos sistemas de abastecimento de água, desde a bacia hidrográfica ao consumidor, facilita a aplicação dos princípios das barreiras múltiplas e das boas práticas sanitárias, de acordo com as normas vigentes em matéria de saúde pública.

A implementação do PSA-RC permitirá aos Órgãos Provedores de água para consumo humano e aos municípios melhorar a qualidade e promover o enquadramento da segurança da água, que, na metodologia PSA-RC, é o objetivo de saúde responsável por nortear as ações que permitem a acessibilidade e distribuição segura de água para consumo humano, e inclui medidas de controle, como a proteção do sistema da bacia e os processos de purificação.

Ressalta-se que a melhoria da qualidade da água para consumo humano, saneamento básico e higiene (pessoal e pública) são alicerces básicos na prevenção primária das doenças transmissíveis. Esta meta de saúde servirá como suporte para cumprir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 6 (ODS 6): “Garantir a disponibilidade de água e seu manejo e saneamento sustentáveis ​​para todos, sem deixar ninguém para trás”.

Confira a programação preliminar do evento 

Abertura – 14h

Engenheiro Paulo Robinson da Silva Samuel, Tesoureiro da AIDIS, Brasil
• Palavras de boas-vindas, Engenheiro Esteban Leigue, Presidente da AIDIS, Bolívia
• Palavras de boas-vindas, Eng. Luis Roberto Pladevall, Presidente da ABES-SP, Brasil
• Palavras de boas-vindas, Dr. Benedito Braga, Presidente da SABESP, Brasil
• Palavras de boas-vindas, Dra. Socorro Gross, Representante da OPAS no Brasil
• Palavras de boas-vindas, Dra. Alícia Bárcenas, Secretária Executiva da CEPAL, Chile

Primeira parte

Moderador: Engenheiro Jairo Tardelli Filho, Ex Gerente do Departamento de Planejamento Integrado da Diretoria Metropolitana da SABESP e atualmente Consultor Independente, Brasil 

14h30 “Breve Visão Geral do DIA-A” Engª Haydee Aguadeé – Diretora da DIAMSA /AIDIS, P44araguai

14h45 “Os ODS e o quadro de segurança da água da OMS” –  Engª Patricia Segurado – Assessora Regional de Água e Saneamento da Equipe Técnica Regional ETRAS da OPAS/OMS, Peru

15h05 “Avanço dos Países nos Planos de Segurança da Água (PSA)” –Dra. Mirna Argueta – Vice Presidente Técnica de AIDIS, Honduras

15h25 “No Âmbito do “País da Capital da Água” – Costa Rica: Programa Nacional para Reduzir Lacunas no Acesso a Serviços de Água Potável: Costa Rica 2020-2022” – Dr. Darner Mora – Diretor Laboratório Nacional de Águas, Costa Rica

15h45 – Intervalo 

Segunda parte

Moderador: Engº Juan Martín Koutodjian – Diretor DIAGUA, Argentina

16h – “Desigualdade territorial no acesso à água potável segura” – Engª María Eva Koutsovitis – Diretora de Engenharia Sanitária, Social e Comunitária, Argentina

16h20 – “Tecnologias, conhecimentos e inovações na área de gestão de perdas” – Dr. Mário Baggio, Walter DB – Soluções em Saneamento, Brasil

16h40 – “Novas Oportunidades e Aperfeiçoamento Profissional na Área Tecnológica da Engenharia Sanitária” – Engenheiro Reynaldo Young Ribeiro – SABESP, Brasil

17h00 – “Soluções para os desafios mais complexos no tratamento de água” – Representante da SUEZ, Brasil

17h30- Encerramento 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: