Últimas Notícias

31º Congresso da ABES: diálogo setorial aborda “Cidades inteligentes: Gestão de Resíduos Sólidos e Regulação”

Ferramentas para que a gestão dos resíduos sólidos seja mais eficiente e econômica nas cidades foram destacadas pelos palestrantes

 “Cidades inteligentes: Gestão de Resíduos Sólidos e Regulação”, foi o tema escolhido para um dos diálogos setoriais, realizado na tarde desta segunda-feira, 18 de outubro, durante o 31º Congresso da ABES, considerado o mais importante evento de saneamento ambiental do Brasil. O evento acontece de forma presencial em Curitiba-PR, no ExpoUnimed, e também em plataforma digital exclusiva e interativa em conjunto com a Fitabes 2021 – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental.  Confira o álbum de fotos (oficial) aqui e do público aqui.

A coordenação do debate foi realizada por Júlio Cesar Pinho Mattos, coordenador norte da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da ABES e contou com moderação de Flávia Burmeister Martins, coordenadora da Regional Sul da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da ABES.  

O diálogo teve a participação de Paulo Henrique Monteiro Daroz, especialista em Regulação de Recursos Hídricos e Saneamento da ANA – Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico; Luz Marina Borges Maciel Pinheiro, promotora de justiça do Ministério Público do Mato Grosso do Sul e membro da Abrampa – Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público de Meio Ambiente; Thiago Oliveira Rodrigues, pesquisador do IBICT – Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; e Elcires Pimenta, coordenador de projetos da Fundação Estadual de Sociologia e Política do Estado de São Paulo – Escola da Humanidades. 

Os participantes agradeceram pela realização do evento e pela participação no debate. “Gostaria de agradecer a ABES pelo convite, a ANA pela participação nesse evento, para falar sobre resíduos sólidos”, comentou Paulo Henrique. “Gostaria de agradecer o convite feito pela ABES, pois é uma satisfação estar aqui com vocês”, disse Luz Marina. “É um prazer estar aqui representando o IBICT”, falou Thiago Oliveira. “Agradeço a ABES pelo convite porque falar no maior congresso de Engenharia Sanitária das Américas é uma grande honra, e falar de resíduos sólidos é praticamente a minha vida”, enfatizou Elcires Pimenta. 

O debate teve como objetivo falar sobre as cidades inteligentes, a gestão de resíduos sólidos e regulação, seus principais objetivos e desafios, como a utilização das tecnologias de informação e comunicação, por meio de ferramentas, como a Internet das Coisas (IoT), que permitem que a gestão dos resíduos sólidos seja mais eficiente e econômica. Além disso, os especialistas ressaltaram como é importante a transparência das informações entre os responsáveis pelas gestões e a sociedade. 

“Passamos um momento espetacular com o Paulo, Thiago, professor Elcires, Luz Marina”, destacou Júlio Cesar Pinho Mattos após a conclusão das apresentações. “Eu quero agradecer a todos os presentes e também os que estão virtualmente, em especial aos nossos palestrantes. O tema não se encerra aqui obviamente”, disse Flávia Burmeister Martins, ao final do debate. 

O 31º Congresso da ABES segue até esta quarta-feira, 20 de outubro. Toda a programação do maior evento de saneamento ambiental do Brasil está disponível aqui.   

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: