Últimas Notícias

ABES-RS promoverá evento sobre processos de separação por membranas, nesta quarta (27). Veja a programação

Encontro reunirá pesquisadores vinculados a universidades do Brasil e des países convidados para apresentar casos concretos de uso desses processos. Realizado no ABES Conecta, evento online acontecerá, das 13h30 às 17h, e terá transmissão ao vivo pelo canal da ABES no YouTube. Inscrições gratuitas.

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção Rio Grande do Sul (ABES-RS), em parceria com Aquamentec Cyted, Sb-Recmentec, Feevale e UFRGS (Universidade federal do Rio Grande do Sul), realizará nesta quarta-feira, 27 de outubro, o evento online “Processos de separação por membranas: aplicações em larga escala”.

O encontro, que conta com apoio da Cyted e Finep-Eramin, ocorrerá, das 13h30 às 17h, por meio do ABES Conecta e terá transmissão ao vivo pelo canal da Associação no YouTube.  As incrições são gratuitas (com emissão de certificados para os interessados) e podem ser feitas no site da ABES-RS (acesse aqui).

O objetivo é a´profundar o conhecimento sobre o uso processos de separação por membranas no tratamento de água e de efluentes sanitários e industriais. Na ocasião, estarão reunidos pesquisadores vinculados a universidades do Brasil e des países convidados para apresentar casos concretos de uso desses processos.

Conheça a progração completa e os palestrantes 

13h30 – 13h40

Abertura do Seminário 

ABES – Ricardo Röver Machado

13h40 – 13h50

Apresentação dos projetos AQUAMEMTEC (Cyted) e Sb-RECMEMTEC (FINEP-ERAMIN)

Profa. Dra. Andréa Moura Bernardes – UFRGS, Brasil

Processos de Separação por Membranas no Tratamento de Água

13:50 – 14:10

Casos de éxito en el uso de la electrodiálisis reversible para el tratamiento de agua de consumo

Ing. Javier Sanchis Carbonell – Global Omnium, Valencia, Espanha

14h10 – 14h30

Microfiltração e carvão ativado para tratamento de água e remoção de pesticidas e fármacos

Dra. Maria João Rosa, LNEC, Lisboa, Portugal

14h30 – 14h50

Implantação e Operação de Estações de Tratamento de Água para consumo humano dotadas de Ultrafiltração por Membranas – A experiência da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb/DF)

Eng. Fuad Moura Guimarães Braga e Engª. Claudia Patrícia Pereira Simões, Caesb/DF, Brasil

14h50 – 15h20

Roda de conversa com Palestrantes e debatedores

Debatedores:

Prof. Dr. Marco Antônio Siqueira Rodrigues, FEEVALE, Brasil

Prof. Dr. Valentin Perez Herranz, UPV, Valencia, Espanha

Profa. Dra. Maria Norberta de Pinho, IST-Lisboa, Portugal

Profa. Dra. Albana Marchesini, UNL, Santa Fé, Argentina

Processos de Separação por Membranas no Tratamento de Efluentes Industriais

15h20 – 15h40

O uso de sistemas digitais para garantia da continuidade operacional de processos de separação por membranas na indústria

Eng. Abílio Jorge Pereira Martins e Dr. Jaime Neiva Miranda de Souza, Enkrott, Sintra, Portugal

15h40 – 16h

Emprego de eletroeletrodiálise no tratamento de efluentes industriais para recuperação de antimônio

Prof. Dr. Gerardo Cifuentes, USACH, Chile

16h – 16h20

Emprego de processos de separação por membranas para o tratamento de efluentes petroquímicos

Quim. Andréia Barros dos Santos – CORSAN/RS, Brasil

16h20 – 16h50

Roda de conversa com palestrantes e debatedors

Debatedores:

Profa. Dra. Andréa Moura Bernardes, UFRGS, Brasil

Prof. Dr. Mário Ávila, UG, Guanajuato, México.

Prof. Dr. Croswel Aguilar, UNT, Trujillo, Peru

Profa. Dra. Graciela Alicia González, UBA – CONICET, Buenos Aires, Argentina

16h50 – 17h

Encerramento

Prof. Dr. Marco Antônio Siqueira Rodrigues, FEEVALE, Brasil

 PALESTRANTES:

Javier Sanchis Carbonell

Engenheiro – Dirección Zona C.V. Sur / Desalación Global Omnium, Espanha

Engenheiro Industrial pela UPV e Mestre em Gestão pela URL-ESADE. Vinte e cinco anos de experiência profissional na gestão do ciclo integral da água, dessalinização, esgoto e depuração. Menção especial ao Contrato Internacional de Gestão Integral qualificada como uma história de sucesso pelo BID. Tem participado em projetos europeus e regionais de I + D + i para a eliminação de nitratos. Membro da AEAS, IDA e AEDYR.

Maria João Rosa  

Dra, Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), Lisboa, Portugal

Doutorada em Engenharia Química, é Investigadora Principal do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC, I.P.) desde 2006, onde chefia o Núcleo de Engenharia Sanitária e coordena a Unidade de Qualidade, Tratamento e Reutilização de Água. Trabalha há 30 anos em tratamento convencional e avançado de água e águas residuais, controlo de microcontaminantes de interesse emergente, reutilização de água, eficiência energética e recuperação de recursos (economia circular), avaliação de desempenho e gestão de ativos de sistemas urbanos de água, com vasta obra publicada e coordenação de vários projetos.

Fuad Moura Guimarães Braga

Engenheiro Civil pela Universidade Federal do Ceará, Mestre em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília. Assessor de Projetos Especiais e Novos Negócios da Caesb.

Claudia Patrícia Pereira Simões

Engenharia Química pela Universidade Federal de Uberlândia, Mestre em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade de Brasília. Coordenadora de Operações da Superintendência de Produção Água da Caesb.

Abílio Jorge Pereira Martins

Engenheiro, Director de Inovação da Enkrott, Sintra, Portugal.

Licenciou-se em Engenharia Química pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) em 1984. Concluiu a pós-graduação em Marketing e Comércio Internacional em 1993. É CEO da Enkrott Química, LDA, Administrador Executivo da Enkrott Química , SA e Diretor de Inovação e Química da Enkrott Química, SA. A Enkrott foi criada em Portugal (1962) e tem como missão conceber, projetar, implementar e acompanhar soluções de engenharia proprietárias e inovadoras, entre tecnologias de tratamento de água. Além disso, a Enkrott tem grande experiência no design, projeto e implementação de soluções de ozônio para tratamento de água e esgoto. Abílio Martins tem formação especializada em gestão e tratamento de água: produção de vapor, arrefecimento, resíduos (físico-químicos e biológicos). Tem formação em pré-tratamentos de água (descalcificação, mineralização, ultrafiltração, osmose reversa, etc.) e em combustão e controle de emissões gasosas.

Jaime Neiva Miranda de Souza

Dr Engenheiro, Gestor da Enkrott Química, Sintra, Portugal

 Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002), mestrado (2004) e doutorado (2010) em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Fez pós-doutoramento na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 2018. Atualmente é gestor da Inovação da Enkrott S.A. (Portugal) sendo responsável pelo desenvolvimento de projetos enfocados na transição digital e na implementação de sistemas de monitorização e de inteligência artificial aplicados ao tratamento de água na indústria.

Gerardo Cifuentes Molina

 Prof. Dr, Universidad de Santiago de Chile (USACH)

Formado em Engenharia Civil Metalúrgica em 1986, possui mestrado e doutorado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade de Concepción (Chile) (1990 e 1998, respectivamente). Seu projeto de doutorado foi desenvolvido na Universidade de Concepción e na Universidade Técnica de Berlim (Alemanha). Atualmente é professor titular de Engenharia Metalúrgica da Universidade de Santiago do Chile – USACH. Ele também é Professor / Pesquisador de Programas de Pós-Graduação no Departamento de Engenharia da USACH. Sua pesquisa se concentra em eletrometalurgia, corrosão e tratamento de resíduos líquidos industriais.

Andréia Barros dos Santos

Química, responsável técnica pela operação do Sistema de tratamento de efluentes líquidos do Polo Petroquímico do Sul – SITEL, vinculado à Companhia Riograndense de Saneamento – CORSAN

Graduada em Química pela UFRGS em 2016, possui Mestrado em Materiais e Processos Industriais pela Universidade Feevale em 2020, especialização em Gestão da Qualidade para o Meio Ambiente pela PUCRS em 2021. Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Minas, Metalurgia e Materiais da UFRGS. Atualmente é responsável técnica pela operação do Sistema de tratamento de efluentes líquidos do Polo Petroquímico do Sul – SITEL, vinculado à Companhia Riograndense de Saneamento – CORSAN.

 COORDENADORES DO EVENTO:

 Andréa Moura Bernardes

Profª Drª, UFRGS

Graduada em Engenharia Química pela PUCRS / Brasil em 1985, possui mestrado em Engenharia de Materiais e Metalurgia pela UFRGS / Brasil (1989) e doutorado em Engenharia de Materiais pela Technische Universität Berlin / Alemanha (TU-BERLIN) (1997). Tem experiência nos seguintes temas: resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (REEE) e reciclagem de metais, processos de membrana, eletroquímica ambiental, tratamento e reaproveitamento de efluentes. É professora titular do PPGE3M (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalurgia e Materiais) da UFRGS.

Marco Antônio Siqueira Rodrigues

 Prof. Dr. da FEEVALE

 Graduado em Química e Química Industrial pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, é doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalurgia e Materiais da UFRGS. Concluiu seus estudos de pós-doutorado na Universidade Politécnica de Valência – Espanha. Atualmente é Professor do Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Feevale e coordenador do Laboratório de Materiais, Tecnologias e Processos de Tratamento de Líquidos no Centro de Tecnologias Limpas da FEEVALE.

DEBATEDORES (Participantes das Rodas de Conversas):

Valentín Pérez-Herranz

Prof. Dr, UPV, Valencia, Espanha

É graduado em Química pela Universidade de Valência (UV) e possui doutorado pela Universidade Politécnica de Valência. Em 1997 tornou-se Professor Associado da UPV, e desde 2003 é Professor de Engenharia Química da UPV. As suas atividades de pesquisa são desenvolvidas no laboratório ISIRYM da UPV, com o grupo de investigação Engenharia Eletroquímica e da Corrosão, que foi distinguido pela Generalitat Valenciana como Grupo de Investigação de Excelência. Atua principalmente nas áreas de eletroquímica, reatores eletroquímicos e processos com eletromembranas aplicadas à recuperação de metais, tratamento de águas residuais e produção/armazenamento de energia.

Maria Norberta de Pinho

Profa.  Dra, IST, Lisboa Portugual

Engenheira Química pela Universidade do Porto (1970) e doutora em Engenharia Química pela Universidade da Flórida, EUA (1976). Professora de Engenharia Química no Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade de Lisboa (1977-2015). Atualmente atua como Professora “Catedrática Jubilada” (2015-presente) do Instituto Superior Técnico (IST), Universidade de Lisboa e é investigadora do Centro de Física e Engenharia de Materiais Avançados (CeFEMA) do IST. Tem coordenando pesquisas sobre Síntese e Caracterização de Membranas; Modelagem de Fluxo e Transferência de Massa (Computer Fluid Dynamics), Projeto e Engenharia de Processos de Separação e Processos de Membrana em Alimentos, Papel e Celulose e Indústrias Químicas; Biorefinaria; Aparelhos de Circulação Extracorpórea.

Albana Marchesini

Profa. Dra. , UNL, Santa Fé, Argentina

Graduada em Bioquímica pela Faculdade de Bioquímica e Ciências Biológicas da Universidad Nacional del Litoral (UNL) em 2001. Tem doutorado pela mesma Universidade (2008). É pesquisadora científica do CONICET e professora na Faculdade de Engenharia Química da UNL. Suas atividades de pesquisa têm se concentrado no estudo de reatores catalíticos e catalisadores para aplicações na eliminação de poluentes por métodos catalíticos oxidativos e redutores presentes na água.

Mario Ávila Rodríguez

Prof. Dr. , Universidad de Guanajuato

Graduado em química pela Universidad de Guanajuato em 1983. Tem doutorado pela Universidad “Pierre et Marie Curie, Paris VI”, França (1992). É pesquisador e professor no Departamento de Química da Universidad de Guanajuato. Suas atividades de pesquisa têm se concentrado no desenvolvimento de técnicas de membrana para o tratamento de soluções e efluentes, bem como no desenvolvimento de técnicas de separação (membranas líquidas) para a recuperação de medicamentos.

Croswel Aguilar

Prof. Dr., Universidad Nacional de Trujillo

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidad Nacional de Trujillo (1982) – Peru, mestrado em Engenharia com menção em Tecnologia Química (1991) na Universidade Politecnica de Varsóvia – Polônia e doutorado em Ciências com Menção em Química na Universidad de Concepción (2004) – Chile. Desde 2005 é professor da Universidad Nacional de Trujillo –Peru, atuando em pesquisa na área de tratamento de efluentes industriais com geração de energia.

Graciela Alicia González

Prof. Dr., INQUIMAE-CONICET, FCEN-UBA

 Bacharel em Ciências Químicas pela Universidade de Buenos Aires (UBA) e Doutora na área de Ciências Químicas (UBA). Desenvolve as suas atividades no Instituto de Físico-Química dos Materiais, Ambiente e Energia (INQUIMAE-CONICET)/Departamento de Química Inorgânica Analítica e Físico-Química – Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da UBA. Suas atividades de pesquisa visam o desenvolvimento de interfaces com afinidade para compostos industriais e ambientais a serem utilizados no projeto de sensores e leitos de reagentes de colunas de tratamento.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: