Últimas Notícias

Coordenador nacional do JPS integra painel na Semana de Inovação Suécia-Brasil

Witan Silva moderou debate e falou sobre o Prêmio Jovem da Água de Estocolmo, que tem sua etapa brasileira realizada pela ABES.

Por Equipe de Comunicação ABES

O engenheiro ambiental Witan Silva, coordenador nacional do JPS – Programa dos Jovens Profissionais do Saneamento da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, participou da Semana de Inovação Suécia-Brasil 2021, promovida pelo Consulado Geral da Suécia e Brasil, nesta segunda-feira, 8 de novembro.

O webinar foi apresentado por Peter Johansson, vice-cônsul do Consulado Geral da Suécia e Brasil e Renato Pacheco, cônsul-geral da Suécia em São Paulo.

Witan coordenou o painel Prêmio Jovem da Água de Estocolmo: Inovações brasileiras e suecas recentes”, que contou com a presença do Professor em Engenharia de Recursos Hídricos na Universidade de Lund, Kenneth M. Persson, e dos estudantes Gabriel Fernandes, vencedor do Voto Popular da edição 2021 do Prêmio, e Victor Gustavo Diniz Silva, vice-campeão da etapa brasileira da premiação.

O professor Kenneth apresentou dois artigos de sua autoria: “Água potável engarrafada: uma cápsula do tempo para estudar a presença histórica de produtos químicos perigosos usando métodos baseados em efeitos “e “Refinaria de petróleo e poluição da água no contexto do desenvolvimento sustentável: países em desenvolvimento e desenvolvidos”.

Gabriel Fernandes falou sobre o projeto “Desenvolvimento de um Mecanismo de Retenção de Microplásticos em Estações de Tratamento de Água (ETAs)”, que garantiu ao Brasil o 1° lugar na premiação SJWP na Suécia.

Já Victor Gustavo Diniz Silva abordou o projeto “Avaliação do uso de fibra vegetal oleofílica na coleta de óleo derramado em ambientes aquáticos”.

Ao final, os convidados responderam as perguntas do público.

“Tive o imenso prazer de participar da Semana de Inovação Brasil-Suécia mediar o painel. Os temas apresentados pelo professor possibilitaram uma conversa bem interessante relacionando o filtro de microplásticos e o dispositivo de retenção de óleos/petróleo a partir da paina, ambas soluções desenvolvidas e apresentadas pelos estudantes Gabriel e Victor na final do Prêmio SJWP”, destacou Witan Silva. “A discussão trouxe reflexões sobre a importância do incentivo e investimento em competições que estimulam o desenvolvimento científico”, afirmou o coordenador do JPS sobre o evento.
O engenheiro também agradeceu a todos os envolvidos na organização do prêmio.

“Deixo aqui todo o meu agradecimento especial a toda equipe da Embaixada da Suécia no Brasil, que sempre acolhe de forma especial e incentiva o Prêmio SJWP. Agradeço, também, à ABES, instituição organizadora do Prêmio no Brasil e aos patrocinadores Sabesp e Xylem Inc. por acreditarem nesse projeto e investirem. Por fim, destaco também o trabalho elementar e apoio dado pela Brazilian Chamber of Commerce in Sweden, Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável e Instituto Iguá de Sustentabilidade ao Prêmio SJWP”, finalizou Witan.

Para assistir à transmissão completa, clique aqui.

Sobre o JPS 

O Jovens Profissionais do Saneamento é um programa de desenvolvimento contínuo, criado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental em 2010, que tem como objetivo despertar habilidades e lideranças entre os jovens que atuam em saneamento, e promover o debate de temas atuais relacionados ao setor de Saneamento e Meio Ambiente. O JPS está presente em quase todos os estados brasileiros. 

O JPS proporciona aos seus integrantes ações como suporte à publicação de artigos técnicos para apresentação em congressos, divulgação de cursos, participação em eventos, promoção de visitas técnicas e palestras sobre o setor, com o objetivo de aprimorar o conhecimento acadêmico dos jovens e promover uma rede de relacionamento. 

A participação no programa é gratuita. Para fazer parte do JPS-SP, entre em contato pelo e-mail: jps@abes-sp.org.br

Sobre o Prêmio Jovem da Água de Estocolmo

O Prêmio Jovem da Água de Estocolmo (Stockholm Junior Water Prize – SJWP) reúne jovens inovadores entre 15 e 21 anos do mundo todo, encorajando seu interesse em desafios relacionados à água e á sustentabilidade. No Brasil, o Prêmio é realizado pelo JPS.

Criado em 1997 pelo SIWI – Instituto Internacional de Águas de Estocolmo (Stockholm International Water Institute), o prêmio é organizado anualmente em duas etapas: uma nacional, realizada em cada um dos países participantes, e uma internacional, na qual ocorre a grande final. No Brasil o prêmio é realizado desde 2017.

O SJWP conta com a participação de milhares de jovens de mais de 30 países. A etapa internacional ocorre em Estocolmo, na Suécia, durante a Semana Mundial da Água de Estocolmo (Stockholm World Water Week). A princesa Vitória da Suécia é a patrona do prêmio.

É uma oportunidade única para jovens de diversas partes do mundo apresentar projetos inovadores em prol de um desenvolvimento

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: