Últimas Notícias

Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS) 2021: inovação de mãos dadas com a competitividade

Imagem: Pixabay

Considerado o “Oscar do Saneamento no Brasil”, o PNQS é o único prêmio de mundo que reconhece a excelência em gestão do setor. A Sanasa, de Campinas, é a empresa anfitriã deste ano, que traz como novidades a avaliação dos requisitos dos Princípios ESG, que incorporam critérios ambientais, sociais e de governança e representam, além de investimento responsável, uma ferramenta para o desenvolvimento sustentável das organizações.

Por Equipe de Comunicação ABES

Olhar para o futuro e consolidar a inovação em prol da universalização do saneamento. Com esse mote, a 24ª edição do Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento (PNQS), promovido por meio do Comitê Nacional da Qualidade ABES (CNQA), promove o Seminário Benchmark PNQS 2021 e Cerimônia de premiação. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de dezembro, no Centro de Convenções Royal Palm Hall, em Campinas, tendo como anfitriã a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A (Sanasa).

Considerado o “Oscar do Saneamento no Brasil”, o PNQS é o único que reconhece a excelência em gestão do setor em todo o mundo. É uma plataforma de reconhecimento no setor de saneamento ambiental que visa coletar e reconhecer as experiências bem-sucedidas de gestão para compartilhar no setor.

Esta edição ganha um importante status: o prêmio foi reconhecido como modelo de excelência por 90% de seus participantes, segundo pesquisa promovida pelo CNQA. A pesquisa também apontou o apoio quase unânime dos respondentes em incorporar os requisitos do ESG 2.0 no MEGSA e a opção de medir o “ESG index”, desafio esse dado pela coordenadora do CNQA, Samanta Tavares,

O PNQS 2021 conta com o valioso apoio da Sanasa, empresa patrocinadora e anfitriã do evento. Segundo Manuelito Magalhães, presidente da companhia, ser a anfitriã desta edição representa o seu compromisso com a promoção da melhoria em seus processos e serviços, promovendo a universalização do saneamento em Campinas com a prestação de serviços de qualidade à população campineira, além de ter reunidas no prêmio, as melhores Companhias de Saneamento do País.

Sobre a importância do PNQS, Magalhães reforça que é a única premiação no mundo voltada à gestão no setor de saneamento ambiental e que a aplicação de suas ferramentas tem mostrado excelentes resultados para a melhoria e aperfeiçoamento de gestão das Companhias de Saneamento no Brasil. “Atualmente, com os desafios impostos pelo Novo Marco Legal do Saneamento é extremamente importante a busca incansável pela excelência em gestão e, neste sentido, o PNQS tem muito a agregar tanto pela aplicação dos critérios dos modelos de excelência em gestão (MEG), quanto pelas práticas de benchmarking que permitem o compartilhamento de experiências exitosas no setor”, informa.

ESG = competitividade

Magalhães ressalta a importância da inserção dos critérios ESG no escopo do PNQS 2021 e informa que a Sanasa encontra-se em fase de implantação desses critérios nas suas atividades. “Entre os nossos objetivos está o de implantar as melhores práticas de governança ambiental, social e corporativa, combinando a excelência de gestão, o compromisso com o crescimento sustentável e a visão de longo prazo; maximizando o bem-estar e minimizando os danos a sociedade; gerenciando os impactos sobre o meio ambiente, a governança social e corporativa, além das soluções de valor agregado e sustentabilidade”, comenta. 

Para ele, os benefícios da implantação dos critérios de ESG são inúmeros, principalmente por dar visibilidade aos desafios e às boas práticas relacionadas à preservação dos recursos hídricos; a capacidade de promover a inovação tecnológica do tratamento de lodo e das estações de tratamento de esgoto, mitigando a poluição dos corpos receptores.

Manuelito Magalhães também destaca os reflexos que o ESG traz para a ampliação dos diversos usos da água de reúso; redução do consumo de energia e adoção de energias renováveis, neutralização das emissões de gases de efeito estufa; ampliação ao combate de perdas no sistema de distribuição de água tratada; investimentos em projetos sustentáveis para alcançar o desenvolvimento financeiro e maximização do desenvolvimento econômico e social da região.

“A adoção de soluções sustentáveis nas práticas de negócio incorpora à empresa uma significativa vantagem competitiva de longo prazo”, aponta o presidente da Sanasa. Para mais informações, acesse aqui.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: