Últimas Notícias

ABES-PA participa de oficinas de trabalho com os Conselhos Gestores das unidades de conservação da Região Metropolitana de Belém

A ABES-PA, que integra o Conselho Gestor do Parque Estadual do Utinga, participou, de 17 a 19 de novembro, de oficinas de trabalho com os Conselhos Gestores das unidades de conservação da Região Metropolitana de Belém. O Conselho Gestor do Parque Estadual do Utinga foi criado para proteger o sistema lacustre, composto pelos lagos Bolonha e Água Preta, que é o principal manancial de Belém-PA. O Parque é gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio)

As oficinas, promovidas pelo Ideflor-bio, reuniram conselheiros da Área de Proteção Ambiental (APA) da Ilha do Combu, do Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia e do Parque Estadual do Utinga (Peut), que tiveram a oportunidade de participar diretamente do planejamento de atividades do Ideflor-bio para as referidas unidades de conservação.

Oficinas reuniram conselheiros de diversas APAs do Pará

Instituições públicas, associações e outras organizações civis participaram das reuniões, apontando os principais desafios da gestão dessas áreas e colaborando na indicação de possíveis soluções. “A participação dos Conselhos Gestores no planejamento direto das atividades do próximo ano representa o real processo participativo na gestão da coisa pública. Isso possibilita um maior engajamento da sociedade na proteção do meio ambiente e melhora a eficiência da administração pública”, explica Júlio Meyer, gerente das Unidades de Conservação da Região Metropolitana de Belém.

Entre as diversas atividades previstas para o próximo ano, o acompanhamento dos processos de licenciamento dos empreendimentos que causam impacto nas unidades de conservação e a fiscalização dos mesmos foram assuntos amplamente debatidos, assim como o apoio às populações extrativistas da região para a realização do turismo em bases sustentáveis.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: