Últimas Notícias

A utilização de indicadores para o acompanhamento das metas de universalização e qualidade é tema de debate na BWW

Por equipe de comunicação ABES/BWW

“Vamos refletir sobre os desafios superados e de que forma essas experiências podem ser utilizadas para o cumprimento das metas de universalização”, resumiu Hugo Pacheco, da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos dos Açores (ERSARA), que fez a coordenação da sessão A utilização de indicadores para o acompanhamento das metas de universalização e qualidade. O debate, que faz parte do Tema 3 – Planejamento e Regulação, foi realizado nesta sexta-feira, 27 de maio, último dia da Brazil Water Week (BWW 2022), o mais importante evento internacional sobre água e saneamento do país.

Promovida pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, a Semana da Água do Brasil, está em sua terceira edição (segunda no formato online), reunindo 110 especialistas nacionais e de outros 19 países. Todo o conteúdo online da programação (mais de 40 horas) ficará disponível por 90 dias para os inscritos. Para fazer sua inscrição, acesse aqui.

Os participantes desta sessão foram: Helena Alegre, membro do Conselho Digital Water Committee da International Water Association (IWA);  Joaquim Barreiros, da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), de Portugal; Irene Guimarães Altafin, superintendente de Regulação de Serviços da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e Christian Minelli, da European Water Regulators (WAREG), da Itália.

Helena Alegre, da IWA, frisou a importância dos indicadores para os governos, pois eles são os pilares das políticas públicas; para os prestadores de serviços, como elemento de capacitação e eficiência; para consultores, pesquisadores e educadores e para a sociedade de forma geral. “Eles são cruciais. Temos que usar métricas para acompanhamento dos objetivos, diagnósticos, identificação de caminhos alternativos e tomada de decisão, implementação das decisões e monitorização e revisão do plano de ação e das estratégias”, analisou.

Um panorama do setor em Portugal e o papel das métricas na gestão das águas foi abordado por Joaquim Barreiros, da ERSAR, que faz a monitorização do setor da água no país: “Não se gera o que não se pode medir, mas também não se mede o que não se conhece”. segundo ele, os indicadores são uma ferramenta de trabalho essencial, mas não se pode controlar tudo: “É preciso foco”, garantiu. Para consultar os estudos elaborados pela entidade, acesse aqui.

No o penúltimo bloco do BWW Connection, desta sexta (27), foi lançado do livro “Conjuntura da Cobrança pelo Uso de Recursos Hídricos no Brasil: base legal comentada”, com particição dos autores Livia Soalheiro, gerente de ESG no Grupo Águas do Brasil; e Marco Antônio Mota Amorim, e do coordenador da publlicação: Jefferson Nascimento de Oliveira, coordenador Geral do ProfÁgua – Mestrado Profissional em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos. O evento teve moderação de Josivan Cardoso, coordenador da Câmara Temática de Gestão de Recursos Hídricos da ABES. O livro está disponível para download gratuito neste link.

BWW Connection – Especial Reúso

Também no penúltimo bloco do BWW Connection desta sexta. foi realizado um bate-papo especial sobre reúso de água. Participaram da discussão Luiz Pladevall, presidente da ABES-SP, Josivan Cardoso, coordenador da Câmara Temática de Gestão de Recursos Hídricos da ABES, Ana Silvia Santos, vice-presidente da ABES-Rio, Sérgio Ayrimoraes, especialista da ANA – Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, Maycon Rogério de Abreu, diretor da ABES-SP, e Lívia Soalheiro, uma das Autoras do livro “Conjuntura da Cobrança pelo Uso de Recursos Hídricos no Brasil: base legal comentada”.

No total, o evento foi realizado em cinco dias inteiros, com mais de 40 horas de conteúdo online e 110 especialistas do Brasil e de outros 19 países, compartilhando suas experiências sobre os diversos temas do universo da água e saneamento. Toda a programação do primeiro dia está aberta no canal da ABES no YouTube (clique aqui para assistir). Nas semanas anteriores, a BWW contou com seis sessões especiais gratuitas no canal da ABES no YouTube (assista aqui).

Esta edição da BWW 2022 contou com os patrocínios da Sabesp, ANA, Copasa, Embasa, Funasa, Aegea, Sanasa e Sanepar.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: