Últimas Notícias

ABES-SP promove encontro online sobre propostas para o saneamento dos candidatos ao Governo de São Paulo

Apresentado pelo presidente Luiz Pladevall, o evento contou com a presença do deputado federal Paulo Teixeira, que representou o candidato Fernando Haddad e explanou suas propostas para o saneamento. Os outros quatro candidatos convidados declinaram do convite.

A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – Seção São Paulo (ABES-SP) promoveu nesta quarta-feira, 28 de setembro, um evento online sobre planos de governo e propostas para o saneamento dos candidatos a governador do Estado de São Paulo. O evento foi realizado no canal da ABES-SP no YouTube e contou com apresentação e moderação de Luiz Pladevall, presidente da seção. 

Para debater o assunto, foram convidados os cinco primeiros colocados na pesquisa IPEC de 06/09/22, e que têm representação no Legislativo paulista: Fernando Haddad – PT, Tarcísio de Freitas – Republicanos, Rodrigo Garcia – PSDB, Elvis Cezar – PDT e Vinicius Poit – Novo. No entanto, somente o Partido dos Trabalhadores (PT) enviou um representante para este encontro: o deputado Paulo Teixeira, que apresentou as propostas do candidato Fernando Haddad para o setor. 

“Fernando Haddad tem enorme apreço ao tema da água, da coleta e tratamento de esgoto e da questão ambiental. É importante dizer que neste momento a questão ambiental é uma questão central para o Brasil e para o Estado de São Paulo. Lamento a ausência dos demais candidatos e seus representantes”, afirmou o deputado. 

O candidato Elvis Cezar declinou do convite, mas enviou um ofício listando algumas de suas propostas. 

“A Associação tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas”, ressaltou Luiz Pladevall. 

“Com este evento, a ABES Seção São Paulo promove a pluralidade do debate democrático, defendido ao longo da trajetória da entidade em todo o Brasil em 56 anos”, enfatizou também. 

Dados do Saneamento em São Paulo 

Antes de começar a conversa com o deputado, Pladevall trouxe os dados mais recentes, de 2020, do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). Segundo o órgão, no Estado de São Paulo, há para o atendimento com abastecimento de água o índice de 96,51%, frente a 84,13% do Brasil. 

Em esgotamento sanitário, o índice é de 90,61% da população do Estado atendido em comparação a 54,95%, que é o número do país. Portanto, entre todas as unidades da federação, São Paulo é o segundo melhor índice nesses quesitos, atrás apenas do Distrito Federal. 

O Estado já possui um Plano Estadual de Saneamento Básico. A Sabesp é responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgotos de 375 dos 645 municípios do Estado de São Paulo. 

Propostas 

Paulo Teixeira iniciou sua fala frisando que é essencial adotar políticas para reverter o processo de aquecimento global. O representante lembrou que o Brasil tem a maior floresta tropical do mundo, que vem sendo destruída. Sendo assim, ele reiterou que é importante tomar medidas neste aspecto. 

Neste contexto, o deputado reforçou que o candidato Fernando Haddad, se eleito, vai manter a Sabesp como empresa pública. Outros pontos mencionados foram aumentar a cobertura de água e coleta de resíduos, além do tratamento de esgoto no Estado de São Paulo, por meio de empréstimos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o saneamento. 

No decorrer do evento, Pladevall trouxe alguns questionamentos. O primeiro tema foi o Plano Estadual de Saneamento e as metas do Marco Legal do Saneamento. Sobre o assunto, o deputado afirmou que é preciso integrar todo o ciclo do saneamento, incluindo questões urbanísticas, organização de favelas e controle de incêndio. Portanto, a proposta do partido é integrar a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitacional em estratégias voltadas ao setor. 

A segunda pergunta foi voltada à economia circular. Neste aspecto, o parlamentar afirmou que já existe um plano estadual sendo elaborado sobre este tema, visando ter equipamentos de conservação de águas, aproveitamento de água de chuva, reúso de água e desenvolver a capacidade tecnológica de tratamento de esgoto e resíduos sólidos. 

Outro ponto abordado foi a possibilidade de a Sabesp participar de privatizações em outros estados, por ser uma empresa de capital misto. Sobre este tema, o deputado afirmou que esta questão será abordada a nível nacional, mas o foco será no aumento do investimento da Sabesp para ampliar a cobertura de esgoto, trazer novas tecnologias e preservar as matas ciliares, reservas ambientais e nascentes. 

Paulo Teixeira salientou que a Sabesp deveria assumir as empresas municipais do estado que porventura sejam vendidas pelos municípios, como ocorreu em Guarulhos e em Diadema, por exemplo. 

O representante de Haddad também enfatizou que o Estado de São Paulo possui instituições de qualidade para promover a qualificação de profissionais do setor, reforçando a importância desta tarefa. Por fim, afirmou que o candidato pretende criar um Plano Metropolitano de Combate e Prevenção a Enchentes, além de investimento em obras para mitigar este problema. Questões operacionais também foram abordadas por Paulo Teixeira. 

Assista ao vídeo do encontro na íntegra: clique aqui 

 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: