ABES presente no VII Congresso Interamericano de Resíduos Sólidos da AIDIS no Equador

A Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental – AIDIS, por meio de sua Divisão Técnica – DIRSA, promoveu entre os dias 25 e 28 de abril a sétima edição do Congresso Interamericano de Resíduos Sólidos. Na terça-feira, dia 25, Darci Campani, membro do Conselho Diretor da ABES e vice-presidente de Planejamento e Finanças da AIDIS, integrou a reunião da diretoria de Resíduos Sólidos da entidade. O encontro, que ocorre a cada dois anos em um país diferente da América, foi realizado em Cuenca, no Equador.

ABES é o capítulo brasileiro na AIDIS, que reúne todos os países do continente americano.

O evento reúne participantes de diferentes países da América Latina, Caribe, Europa e Ásia, representantes da comunidade científica, empresas, instituições locais e nacionais ativas no Congresso.

Os temas da reunião, segundo Campani, foram, principalmente, os locais onde serão realizados os próximos congressos da AIDIS – em 2019 será a vez de Assunçión, no Paraguai receber o Congresso Interamericano de Resíduos Sólidos. Já o Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental serão realizados em: Guaiaquil, no Equador (2018), Buenos Aires, na Argentina (2020) e Lima, no Perú (2022).

Junto com o congresso ocorre também a Assembleia da AIDIS. “Foi uma assembleia extraordinária. O que foi discutido de mais importante foi a adequação dos estatutos da AIDIS. Estamos fazendo algumas alterações”, afirma. Segundo Campani, A AIDIS está modificando a estrutura de seus congressos. “Diferentemente do que acontece com o Congresso da ABES, que faz seu próprio evento, a AIDIS tem o congresso, mas quem realiza é o capítulo nacional. Agora, será o contrário: a AIDIS assume o congresso com apoio do capitulo nacional e passa a fazer a gestão financeira e técnica”, explica ele.

Segundo Campani, a reunião contemplou também o planejamento estratégico da AIDIS (2017-2013). Neste sentido, serão realizadas uma série de ações com o intuito de inserir a entidade nas discussões na Agenda do Objetivos do Milênio. Outro assunto da pauta, ainda de acordo com ele, foi sobre a efetiva participação da AIDIS no oitavo Fórum Mundial da Água, que ocorrerá em Brasília/DF, em 2018.

Para mais informações, acesse aqui.

.

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: