Últimas Notícias

Brazil Water Week: Sessão Happy Hour com Laager e Suez fala sobre saneamento nas Cidades Inteligentes

Encontro patrocinado pelas duas empresas encerrou o penúltimo dia da BWW e marcou o lançamento do “Open Spot ABES”, desafio de inovação para potencializar e identificar novas tecnologias para acelerar o desenvolvimento do saneamento no Brasil.

A última Sessão Especial Happy Hour da Brazil Water Week, o mais importante evento internacional sobre água realizado no país, foi com as empresas Laager Tecnologias Sustentáveis e Suez Brasil aconteceu nesta quinta, 29 de outubro.

Samanta Tavares de Souza, coordenadora da Câmara Temática da ABES de Prestação de Serviços e Relacionamento com Clientes, iniciou o Happy Hour “O Saneamento nas Cidades Inteligentes”, mostrando um vídeo que contextualiza o tema do encontro. “Não tenho dúvidas que IOT é um caminho sem volta, ainda mais agora que o marco regulatório foi aprovado. As empresas vão precisar ser mais eficientes, sustentáveis e econômicas”, disse Samanta.

Frederico Lagreca, CEO da Suez Brasil, trouxe uma apresentação sobre Smart Water, mas antes contou um pouco da história da Suez, informando suas tecnologias, soluções inteligentes, presença no mundo e as metas da empresa para o futuro. “O grande desafio será a gestão de recursos mais complexa com a expansão urbana que deve atingir 9.6 bilhões de pessoas no mundo em 2050”, disse. E completou: “É importante que a gente tenha um consumo sustentável, economia circular, reciclar e reutilizar e proteger a biodiversidade”.

A Suez entende que uma cidade precisa ser mais eficiente com gestão otimizada de recursos. A empresa possui mais de 3 mil plantas no mundo, totalmente automatizadas, que fazem com que 8.6 milhões de pessoas sejam protegidas contra enchentes. Um vídeo da cidade de Dijon, na França, exemplifica como é uma Smart City (Cidade Inteligente) na prática.

Para se chegar a uma Smart Water é preciso antes existir uma cidade inteligente. Lagreca explicou o conceito do que seria uma Smart Water, destacando os pontos nos quais a Suez mais atua, como a questão das perdas de água. O conceito WNS usado pela empresa na gestão integrada de redes possibilita que os dados de todo ciclo da água sejam coletados e analisados. Foi exibido um vídeo mostrando a atuação da Suez, em parceria com o governo do Estado na cidade de Olinda, informando o crescimento e a melhora no abastecimento de água para a população e a redução de perdas, com a implantação do programa WNS e todos os seus sistemas com destaques para o Aquadvanced e Weel Watch.

Felipe Duque Estrada, sócio diretor da Laager Tecnologias Sustentáveis, começou sua apresentação dizendo que “a tecnologia não vem para substituir o leituristas e sim para ajudar no trabalho”. Ele falou sobre sobre a empresa, quais os seus objetivos e como suas tecnologias foram implantadas em empresas do setor privado para as leituras remotas de água, gás e energia.

Felipe fez uma explanação detalhada de como IOT é usado na implantação e instalação dos medidores e sensores inteligentes para as empresas de saneamento, gás e energia. Mostrou como é a produção dos equipamentos da empresa, feitos em casa para ganhar agilidade e garantir qualidade nas operações. Informou ainda como funciona o Centro de Controle e Gerenciamento de Dados e de que forma essas informações são usadas em benefício dos clientes e da população. Felipe Duque Estrada ainda apresentou cases de sucesso em que medidores remotos inteligentes possibilitaram identificar fraudes e anomalias no sistema, mesmo no período da pandemia, com estabelecimentos fechados como bares, hotéis e restaurantes. E finalizou falando como funciona o Aplicativo da Sabesp.

O tema rendeu muitas questões e após o término de suas apresentações, os dois palestrantes responderam várias perguntas enviadas pelo chat do evento. Felipe e Frederico concordaram que o maior desafio da implantação de IOT no saneamento é a falta interoperabilidade (capacidade de diversos sistemas e organizações trabalharem em conjunto).

Novidade: “Open Spot ABES”

No final do Happy Hour, Samanta Tavares anunciou uma novidade idealizada pela ABES, por meio da CT Prestação de Serviços, o desafio de inovação para potencializar e identificar novas tecnologias para acelerar o desenvolvimento do saneamento no país: o “Open Spot ABES”, que terá quatro desafios: “Eficiência Energética”, “Customer Experience”, “Sistemas Isolados” e “Resíduos Sólidos”. O lançamento oficial acontecerá no 12 de novembro, mas antes novas informações serão divulgadas nas redes sociais da ABES. Esta sessão foi transmitida pelo canal ABES Saneamento e está disponível aqui. 


 

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: