Últimas Notícias

AIDIS e ABES-SP: 25º Encontro Técnico de Alto Nível debate o papel do saneamento ambiental na preservação da saúde

Evento realizado nesta sexta (4), no formato virtual, celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente, com a participação de renomados especialistas do setor de saneamento do Brasil e de outros países.

Por Rhayana Araújo

“O papel do saneamento básico e ambiental na preservação da saúde” foi o tema do 25º Encontro Técnico de Alto Nível (ETAN), realizado pela AIDIS – Associação Interamericana Engenharia Sanitária Ambiental, em parceria com a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES Seção São Paulo, nesta sexta-feira, dia 4 de junho. O presidente da ABES-SP, Márcio Gonçalves, esteve presente na abertura do evento, que foi realizado em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (celebrado em 5 de junho).

O encontro foi transmitido ao vivo pelo canal da ABES-SP no YouTube e está disponível aqui.

Abertura do evento contou ainda com a participação de Esteban Leigue, presidente da AIDIS; Benedito Braga, presidente da Sabesp; Viviana Borges, presidente da AESabesp; Carlos Roberto dos Santos, diretor de Engenharia da Cetesb, que representou a presidente da entidade, Patrícia Inglecias; Uladyr Nayme, presidente da AEC/CETESB; Priscilla Campos Bueno e Dr. Miguel Aragon (coordenador da Unidade Técnica de Doenças Transmissíveis e Determinantes Ambientais da Saúde), ambos representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasile Christian Scjwerter, gerente de Engenharia da Águas Andinas (Chile). O evento foi apresentado e moderado Paulo Robinson Samuel (AIDIS e DMAE).

Em seu discurso, Márcio Gonçalves, presidente da ABES-SP, afirmou que o encontro é um importante evento latino-americano. “Temos participantes de vários países assistindo ao evento, o que mostra o quanto as pessoas estão preocupadas com a questão da água de qualidade e um saneamento ambiental correto para todas as pessoas”, disse. “Neste momento de pandemia, mostrou-se a necessidade e a questão de ter a água de qualidade na casa das pessoas. Esta é uma oportunidade única de disseminar conhecimento para todos e possibilitar uma melhora para o saneamento dos países latino-americanos”, enfatizou o presidente da ABES-SP.

Esteban Leigue, presidente da AIDIS, deu as boas-vindas aos presentes. “É muito importante para os países latino-americanos reduzir essa distância entre quem não tem acesso aos serviços de água potável e de esgotamento sanitária aos que têm. Este encontro é muito importante para que possamos unir forças e chegar a melhores ideias para melhorar a situação de todo nosso povo da américa latina”, ressaltou

O evento contou com a participação de telespectadores de 12 países: Brasil, Argentina, Nicaragua, Paraguai, Peru, Costa Rica, México, Bolívia, Panamá, Equador, Chile e Uruguai.

Debate

Esta edição do evento aprofundou a questão da importância do saneamento básico na prevenção de doenças e na produção de efeitos positivos para os países tanto em termos econômicos quanto sociais. Neste contexto, água de qualidade, coleta e tratamento dos esgotos, destino correto do lixo e drenagem da água da chuva produzem melhorias em diversos setores da sociedade. 

Sob esta temática, renomados especialistas do setor de saneamento contribuíram com a discussão.  Foram eles:

Adriano Stringhini, diretor de Gestão Corporativa da Sabesp, que apresentou a palestra “Inovação e Saneamento no contexto da Covid 19”;

Priscila Bueno, da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), cuja palestra teve o tema “Doenças que são evitadas, a partir do Saneamento Básico”; 

Mirna Argueta, vice-presidente Técnica da AIDIS Honduras, apresentou a palestra “Planejamento da Segurança Sanitária – PSS”;

Rogerio de Paula Tavares, vice-presidente de Relações Institucionais da Aegea Saneamento e Part. S.A, cujo tema da palestra foi “O Papel da Aegea no Saneamento no Brasil”;

José Bevilacqua, especialista ambiental da CETESB, com a palestra “O Envolvimento da CETESB no Projeto Rio Pinheiros: Aspectos Saneamento Básico versus Saúde”;

Cristian Schwerter, gerente de engenharia da empresa Águas Andinas, no Chile, apresentou a palestra “Medidas de Saneamento Adotadas para a Despoluição do Rio Mapocho”;

Patricia Segurado, assessora Regional em Água e Saneamento da Equipe Técnica Regional de Água e Saneamento (ETRAS), que apresentou a palestra “O Saneamento Básico na América Latina”.

A realização do evento contou com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS – Brasil), Associação dos Engenheiros da Sabesp (AESabesp), Associação dos Engenheiros e Especialistas da CETESB e do Meio Ambiente (ASEC -CETESB), Aegea Saneamento, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), e Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: