Últimas Notícias

Ministério da Saúde lança protocolo de Atenção à Saúde para Microcefalia, com as diferenças entre o vírus da dengue, zika e chikungunya

O Ministério da Saúde lançou em dezembro de 2015 o Protocolo de Atenção à Saúde e Resposta à Ocorrência de Microcefalia Relacionada à Infecção pelo Vírus Zika, que orienta o atendimento desde o pré-natal até o desenvolvimento da criança com microcefalia, em todo o País. O planejamento prevê a mobilização de gestores, especialistas e profissionais de saúde para promover a identificação precoce e os cuidados especializados da gestante e do bebê.

O principal objetivo do Protocolo é orientar as ações para a atenção às mulheres em idade fértil, gestantes e puérperas, submetidas ao vírus Zika, e aos nascidos com microcefalia. Este plano recomenda, ainda, as diretrizes para o planejamento reprodutivo, a detecção e notificação de quadros sugestivos de microcefalia e a reabilitação das crianças acometidas pela malformação congênita.

O Plano reforça o papel das equipes de saúde na oferta de métodos contraceptivos e na orientação de mulheres em idade fértil e casais que desejam engravidar, especialmente sobre os cuidados necessários para evitar infecção pelo vírus Zika durante a gravidez.

Outro destaque do protocolo é a tabela que traz as principais diferenças entre os sintomas da dengue, zika e chikungunya. Confira abaixo.

MS

Clique aqui e acesse o protocolo completo.

1 Comentário em Ministério da Saúde lança protocolo de Atenção à Saúde para Microcefalia, com as diferenças entre o vírus da dengue, zika e chikungunya

  1. Acredito que o governo esta com um grande problema em relação ao mosquito da dengue, zika e chikungunya. Não é novidade nenhuma as prefeituras estão mais preocupadas em adquirir mais verba destinada para conter o mosquito, mas não é possível conter o mosquito, não da maneira que esta sendo feito, devemos nos preocupar é com a cura, ou evitar a doença, mais pessoas doentes em uma cidade é motivo para pedir mais verbas para conter o problema. Conter o mosquito vai levar tempo, mas a cura existe assim como a cura do câncer.

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: