Últimas Notícias

Congresso ABES: veja como foi o segundo dia do evento

Nesta terça-feira, dia 18 de junho, dezoito painéis, quatro diálogos setoriais e  a Palestra Magna de Paulo França, Governador do Estado de Pernambuco, sobre a experiência com parcerias-público privadas no Estado (leia mais aqui), permearam o segundo dia de discussões do 30º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental da ABES. O evento, realizado no Centro de Convenções de Natal, no Rio Grande do Norte, juntamente com a 12ª Fitabes – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, termina nesta quarta-feira, dia 19.

Veja abaixo o resumo das atividades do dia. (clique aqui e veja aqui o álbum de fotos)

Painéis

Painel ‘Análise dos impactos da ação regulatória aos stakeholders’, coordenado por Vanessa Schmitt, da ADASA

Painel ‘Mudanças Climáticas e Saneamento, coordenado por José Roberto Celestino’, da Higesa Engenharia

Painel ‘A Situação da gestão dos resíduos nas diversas regiões do Brasil quanto ao atendimento da Lei 12.305/2010’, coordenado por Emília Rutkovsky, coordenadora da Câmara Temática de Resíduos Sólidos

Painel ‘Dessalinização: Tecnologia, Planejamento e Modelo de Negócios’, coordenado por Renato Giani Ramos, da Hydranautics e coordenador da Câmara Temática de Dessalinização e Reúso.

Painel ‘Portaria da Potabilidade – Quais padrões de qualidade teremos’, coordenado por Ellen Pritscch

Painel ‘A gestão dos recursos hídricos no novo cenário político brasileiro – propostas e perspectivas’, coordenado por Célia Regina Alves Rennó, da COPASA, membro da ABES-MG, representante junto ao Conselho Diretor e coordenadora adjunta da Câmara Temática de Recursos Hídricos. O painel também contou com a participação de Josivan Cardoso Moreno, diretor da ABES para a Região Norte e do Congresso e coordenador da CT Recursos Hídricos.

Painel ‘A coleta seletiva no Brasil e as rotas tecnológicas’, coordenado por Sara Suely A. Caparossi, coordenadora adjunta da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da ABES. A debatedora da sessão foi Jussara Kalil Pires, presidente da ABES-RS.

Painel ‘Conformidade e Governança Corporativa – Experiências Empresariais Brasileiras no setor de Saneamento’, coordenado pelo engenheiro Reynaldo E. Young Ribeiro, conselheiro da ABES-SP, que também atua na Sabesp. Álvaro Menezes da Costa, da Diretoria Nacional da ABES, mediou o debate. O diretor da ABES-SP, Carlos José Teixeira Berenhauser também participou do painel.

Painel ‘Reúso de esgotos tratados: uma nova alternativa para o desenvolvimento agrícola no semiárido’, coordenado por Renato Giani Ramos, da Hydranautics e coordenador da Câmara Temática de Dessalinização e Reúso.

Painel ‘A Gestão de perdas e seus reflexos na eficiência energética’, coordenado por César Rehnolt Meyer da Águas de Joinville.

Painel ‘Política de segurança hídrica’, coordenado por Josivan Cardoso Moreno.

Painel ‘Revisão da Portaria de Potabilidade e o controle de qualidade de produtos químicos para tratamento de água – evoluções legais no sistema de informações oficiais e na comprovação do atendimento aos requisitos de saúde’, coordenado por Maria Cristina Coimbra da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Vasti Ribeiro Facincani, membro do Conselho Diretor da ABES-SP, que também atua na Sabesp. São, respectivamente, coordenadora e coordenadora adjunta da Câmara de Qualidade de Produtos Químicos.

Painel ‘ODS 6: Monitoramento e ações para atingimento das metas 6.1 e 6.2’, coordenado por Régia Lúcia Lopes, da IFRN.

Painel ‘Estações sustentáveis de tratamento de esgoto: recuperação de recursos a serviço do saneamento ambiental’, coordenado por Wanderley da Silva Paganini da Sabesp. O debatedor foi Marcelo Kenji Miki, também da Sabesp, e coordenador da Câmara Temática de Tratamento de Esgotos.

Painel ‘A busca pela universalização dos serviços de saneamento’, coordenado por Edgard Faust Filho.

Painel ‘Despoluição de córregos – novas tecnologias’, coordenado por Nivaldo Rodrigues da Costa Jr., diretor da ABES-SP. Luis Eduardo Grisotto, também diretor da ABES-SP, foi um dos palestrantes da sessão.

Painel ‘Desafios na busca da eficiência das empresas de saneamento do Nordeste’, coordenado por Agostinho Geraldes, diretor da ABES-SP.

Painel ‘Temática Digital’, coordenado por Ricardo Carvalheiro, do Departamento de Sistemas de Informação da Sabesp.

Diálogos Setoriais

Diálogo Setorial ‘Estudos para modelagem de operação de saneamento’, coordenado por Geny Formiga, presidente da ABES-RN. Participaram do debate o presidente da Cedae, Hélio Cabral, o representante do BID, Thadeu Abicalil, e o representante do BNDES, Guilherme Albuquerque, que debateram como as companhias podem gerar recursos para a execução de obras que garantam a universalização do saneamento básico no país, especialmente com medidas internas de controle de gastos.

Diálogo Setorial ‘Transposição do Rio São Francisco- Sonho e Realidade’, coordenado por Paulo Lopes Varella da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN

Diálogo Setorial ‘A coerência do Marco Legal do setor com os modelos de regulação e de prestação de serviços’, coordenado por Ricardo Toledo Silva, membro do Conselho Diretor da ABES-SP, que também atua na USP.

Diálogo Setorial ‘A Abertura do capital de empresa estatal de saneamento’ coordenado por Rodolfo José da Costa e Silva

Reuniões

Nesta terça, também foram realizadas durante o Congresso, a Reunião dos Presidentes das Seções Estaduais da ABES, a Assembleia Geral Ordinária da ABES, a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Diretoria da Aesbe e as reuniões das Câmara Temática de Regulação e Tarifas, coordenada por Marisa Guimarães, diretora da ABES-SP, e da Câmara Temática de Gestão de Perdas e Eficiência Energética, coordenada por Ricardo Röver, da ABES-RS.

Assembleia Geral da ABES

Nesta terça-feira, a ABES também promoveu, dentro do Congresso, a reunião da Diretoria, Conselho e presidentes de Seções e a Assembleia Geral.

Entre os temas da pauta, a aprovação do Estatuto Revisado e a consagração de Belo Horizonte como cidade sede do Congresso da ABES em 2023. Em 2021 será Curitiba. 

Espaço Startup

Iniciativa da Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Inovação da ABES, em parceria com a Câmara Técnica de Educação Ambiental da ABES-SP e ao Programa Jovens Profissionais do Saneamento, o Espaço Startup foi palco de atividades de grande sucesso neste segundo dia de evento.

Na parte da manhã, o Fórum de Inovação e Empreendimento do JPS tratou sobre o tema ‘As possibilidades de atuação do Jovem Profissional de Saneamento no mercado de trabalho’, mediado pelo coordenador do JPS Nacional, Álvaro Diogo Teixeira. O debate contou com a participação de Jaqueline Aparecida da Rocha, da Sabesp, Eduardo Magalhães P. Gomes e Sérgio Iani Godinho, da Veritas Engenharia Ambiental, Nara Juliana Vieira de Freitas, da BRK Ambiental, e Renata Farias Oliveira, da ULBRA.

Durante a tarde, o espaço foi palco da Batalha das Startups (PITCH), que contou com a apresentação dos concorrentes e mentoring. O coordenador do Espaço Startup, Pierre Siqueira, que também é coordenador adjunto da Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Inovação da ABES, foi o apresentador da batalha.

O patrocínio do Espaço Startup nesta edição é da MAPLElink.

Espaço Água

O Espaço Água recebeu, durante todo o dia, estudantes das escolas do Rio Grande do Norte, para atividades lúdicas sobre o saneamento e o meio ambiente. A visitação é gratuita das 9h às 17h.

A exposição interativa também recebeu o Workshop “Atuação dos Consórcios de Resíduos Sólidos no Estado do Rio Grande do Norte”.

O Espaço Água tem o patrocínio da Sabesp, CAERN, Iguá, Braseco, Marquise Ambiental e Vital Engenharia Ambiental; e o apoio da Compesa, Cocamar Coleta Seletiva, Cagepa, Prefeitura do Município de Natal e Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

A Câmara Técnica de Educação Ambiental da ABES-SP realizou, no Espaço Água, uma sessão de contação de histórias.

As crianças puderam aprender, por meio de histórias e música, sobre a importância do Saneamento para a saúde e também sobre a preservação do meio ambiente.

A Câmara tem coordenação de Agostinho Gerardes, diretor da ABES-SP, e tem como coordenadora adjunta a tecnóloga Ana Paula Silveira.

Nesta quinta-feira, último dia do Congresso, às 11h, a CT realizará uma roda de conversa ambiental no Espaço Startup, onde também estão expostas as fotos enviadas por profissionais do setor para a campanha “Meu Rio, minha vida”.

Campeonato de Operadores

O campeonato contou com as atividades de serviços operacionais em cavalete múltiplo eletromecânica, com participação da Copasa, Corsan e Sabesp.

Festa de Lançamento 31º CBESA – Curitiba 2021

Também aconteceu, nesta terça-feira, a festa de Lançamento da 31ª edição do Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que será realizado em Curitiba, em 2021.

A celebração foi promovida no Espaço Versailles Recepções e contou com o patrocínio de: Sanepar, Carcereri Saneamento Básico, Solvay Peroxidos Brasil, Aquamec, Iguá Saneamento, BASF e Inge.

O evento também teve o apoio de: Fundação Araucária, UFPR, UTRPR, UTP, Universität Stuttgart, ISWA, ISAE, KTH, PUC-PR, Universidade Positivo, UEL, UNILivre, Prefeitura do Município de Curitiba, Governo do Estado do Paraná, Instituto Municipal Curitiba Turismo e Curitiba Convention & Visitors Bureau.

Opinião do público

Sucesso de público, o 30º Congresso de Engenharia Sanitária e Ambiental tem reunido pessoas de todo o país. Confira abaixo os depoimentos de participantes:

“O evento está agregando bastante, bem proveitoso, gostei dos painéis sobre energia eólica e barragens. Informações novas são sempre bem-vindas”, afirmou Sônia Ximenes, que veio do Ceará para prestigiar o evento.

“Foi a primeira vez que participei de um congresso, apresentei trabalho e estou achando as palestras muito boas, com destaque para uma sobre PPP em Pernambuco para ampliação da cobertura na área de esgotos, que me chamou bastante a atenção”, disse Jiullia Arruda, técnica em edificações da Caern.

“O evento tem trabalhos bem legais, como de eliminação de hormônios e biogás. Estou agregando bastante conhecimento, sempre bom ter coisas novas que a gente aprende”, contou Patricia Brito, que é mestre em Engenharia Ambiental.

 

Leia também 

Congresso da ABES em Natal: confira as atividades do JPS no evento

Em painel das entidades sobre o Marco Legal, ABES reforça o chamado para um pacto pelo Saneamento no Brasil

Congresso da ABES em Natal: palestra do presidente da Sanepar, debate sobre o Marco Legal e premiação marcam último dia do evento

Congresso da ABES em Natal: Claudio Stabile, presidente da Sanepar, ministra última Palestra Magna do evento

Congresso ABES: veja como foi o segundo dia do evento

Congresso da ABES: Paulo Câmara, Governador de Pernambuco, conta sobre a experiência com parcerias-público privadas no Estado

Congresso da ABES em Natal: veja como foi o primeiro dia do evento

Congresso da ABES: especialistas debatem os rumos do saneamento no contexto do Marco Regulatório

Fátima Bezerra, Governadora do Rio Grande do Norte, abre o primeiro dia de palestras do Congresso da ABES

Congresso da ABES: cerimônia de abertura celebra inovação e inclusão no saneamento

Novidade no Congresso da ABES, Espaço Água é aberto em Natal/RN

Cobertura Natal 

Assessoria de Comunicação da ABES

Ana Paula Rogers

Suely Melo

Roberta Rodrigues

Clara Zaim

Créditos das fotos: FotoCongresso e Equipe ABES

Participe! Seja o primeiro a comentar

Dicas, comentários e sugestões

Seu e-mail não será publicado.




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: